domingo, 27 de abril de 2008

Coleccionadores de comentários

Imensa malta abre blogues, imensa malta publica o que entende e espera que imensa malta diga coisas sobre esse assunto.

Pois é sobre esta última parte que tenho pensado recentemente. Afinal, nós que publicamos gostamos imenso de ser visitados e muito mais que isso de receber a interacção do visitante quando este comenta o artigo que o despertou. É realmente um bom alimento para o blogger, pois passa a ter noção do valor daquilo que escreve e que tipo de audiência aceita os seus artigos.
Nesta lida de blogger que já levo assiduamente há quase um ano, tenho recebido comentários sobre aquilo que publico e tenho também aparecido noutros blogues a comentar os artigos que mais me despertaram.

Na minha actividade de visitante e comentador do trabalho dos outros (e consulto imensos), tenho reparado na maneira de ser que cada blogue tem. Contudo, nesta situação dos comentários tenho visto casos evidentes de algum snobismo, de indiferença e falta de humildade. Também há aqueles que manifestamente não têm tempo para isso e relacionam-se no blogue ao estilo "Publiquei, está feito e mai' nada!" e não querem saber do que lhe disseram.

Assim aprendi que há blogues por aí que justificam uma passagem semanal ou quê mas que não merecem que se lhes dirija qualquer palavra que seja como comentário pois do outro lado só lhe interessa responder a peixe graúdo. Afinal, perder tempo com merda de gente que se incomoda a comentar artigos "perfeitos" para quê? Há outros que percebo que não o fazem por falta de tempo mas assim que podem até visitam quem o comentou e diz por lá alguma coisa para satisfazer o empenho do comentador.

E há os coleccionadores de comentários. Não comentam um comentário porque vai estragar a contagem verdadeira de comentários. Só os de fora é que interessam e os seus próprios não são para misturar. Muitos deles juntam a esse factor o facto de terem um blogue tão popular e tão visitado que já nem é preciso se dirigir às "massas".

Pessoal da blogoesfera, eu acho que da mesma forma que nos preocupamos em manter sempre fresco e interessante um blogue... devemos de nos preocupar em acarinhar quem recebemos no nosso cantinho. Se nos comentam é porque foi relevante o nosso esforço. Bem ou mal foi relevante. Não custa nada responder a cada comentário com outro comentário de seguida nesse artigo. Não temos de aturar "trolls" e "chatinhos" mas vai ver que o relacionamento com os seus visitantes muda para melhor de alguma forma. Pense conforme o comentador e ponha-se no lugar dele. Não acha que também merece atenção? E se pensarmos muito bem, um blogue é também uma forma de rede social. Muitos por aí esqueceram esse espirito e de social não têm nada já.
Olhando para o que escrevi parece-me que não me exprimi perfeitamente como queria mas acho que deu para perceber o meu ponto de situação sobre este tipo de comportamento. Pensem nisso, tá bem?

3 comentários:

.Ypslon disse...

Disseste-me para pensar..

identificas-me com isto?:

casos evidentes de algum snobismo, de indiferença e falta de humildade.

Eu tenho visitantes diários no meu blog que nunca fizeram um comentário. Ou então 1 num ano. E não vou fazer nada contra isso - terá de ser o próprio post, a linguagem utilizada, o conteúdo, o design e o carisma a «puxarem» pelo comentário. Muitas vezes até um post tem tudo para ser comentado e simplesmente não o é, por uma data de factores que convém ter em conta.

No fundo um blog é isto - uma «luta» constante entre conteúdos (independentemente do tipo de conteúdo, próprio ou com recurso a vídeos do You Tube - nada contra) e comentários, sem regras, sem moralismos associados. Só posta quem quer, só comenta quem quer.

Se dou a ideia de snobismo ou indiferença, acho que estou a ser mal interpretado. Eu sou uma pessoa muito descontraída, mas não me cai muito bem que me venham com moralismos internéticos! Isto é um hobby, não é uma vida.

Pensa nisto também! =P

ArmPauloFerreira disse...

Não te chamei nomes Y quando te dei o meu link. Mas tenho-me apercebido do valor de dar umas palavras extra a quem nos comenta. E dei-te a dica é só...

Mas admite lá que não existem casos desses. Tu comentas e não te respondem. Aparece um graúdo a comentar e chove logo gente a lamber botas...

Relaxa Y... mas referiste boas observações. talvez vá dar um jeito ao artigo e fazer alguma adenda das tuas observações.

A minha ideia com este artigo era obter mais feedback do que o pessoal pensa acerca disto. Ninguém comentou...

.Ypslon disse...

Pronto, assim pensamos ambos sobre o assunto, e no fundo ambos temos alguma razão no que dizemos. Ninguém comentou isto porque não lhes convém eheh