segunda-feira, 30 de junho de 2008

Balanço: Um ano de actividade do Ecos Imprevistos

Umas palavras sobre este espaço...

Abri este blogue em Fevereiro de 2007 e passado um ano já deveria ter comemorado de alguma forma essa efeméride. Não o fiz e tenho as minhas razões.

Primeiro porque abri o blogue pelo impulso de querer ter um blogue, talvez por ser algo na moda na altura mas porque o apelo simples do Blogger ser tão forte. Afinal já tinha uma conta Gmail, logo tinha uma conta já aberta para todos os serviços Google, onde se incluiu a possibilidade de fazer um blogue em 3 passos. Foi o que fiz... e só fiz mesmo isso em Fevereiro. Abri e publiquei artigos típicos de quem inexperiente se inicia no vazio.

Não tinha um plano para o blogue, tal como hoje continuo a não o ter. Talvez o meu plano seja mesmo esse: manter sempre todas as possibilidades para o meu espaço em aberto. Poder "falar" de tudo aquilo que possa ter para dizer. Que me agite o ser. Um hobby que serve em simultâneo de desabafos meus ao mundo. Uma tentativa de contributo para todos aqueles que se deparem com este local na blogoesfera. Para os meus amigos, familiares e para os desconhecidos que tenham afinidades em comum comigo.

Este blogue, que começou sem nome próprio (era apenas ArmPauloFerreira) mas que lá se encarreirou numa trilha própria e mereceu um baptismo à altura (Ecos Imprevistos). Celebrar este blogue, para mim só pode ser feito apartir da data de 26 de junho de 2007. Foi nesse dia que olhei para o meu espaço inactivo desde a abertura e que decidi contribuir com o pouco que sei e vou sabendo. (Reveja o meu verdadeiro inicio clicando aqui). Portanto para mim, celebrar um ano de actividade conta só nos finais de Junho.
Assim é que oficialmente posso afirmar: "Este blogue já tem um ano!"


Uma ano de intensa actividade!

Durante todo este tempo, foram publicados 596 artigos (posts) dos mais variados temas, recebi muitos comentários, um total de 780, sendo que desses todos já incluo as minhas respostas a quem me quis "falar" (294 no total).

Os 3 dias mais visitados até hoje do "Ecos Imprevistos":
O dia mais visitado de sempre foi a 16 de Maio com 416 visitas! Uma anormalidade no meu espaço que normalmente ronda em visitas menos de metade desse número astronómico. A culpa desse "sucesso" foi ter publicado dois artigos com dados sobre a ZON Box.
O segundo e terceiros dias mais visitados seguiram-se logo depois, respectivamente a 19 e 20 de Maio com as respectivas visitas de 327 e 307. Continuou devido ao sucesso dos artigos sobre a ZON box...

Não tenho dados de qual é o artigo mais visto dos que já publiquei. Mas analizando pelas presenças habituais nos dados que consigo obter, a liderança reparte-se pelos seguintes 5 artigos:

Outubro de 2007 e Maio de 2008, foram os meses em que mais material publiquei: exactamente 80 post em cada um desses meses. Dá uma média de mais de 2 artigos por dia, todos os dias. Nada mal...

Factos curioso... é que me foi parecendo que ao publicar artigos muito dedicados á Apple e as suas novidades, as visitas baixam. Se publicar artigos mais elaborados, com mais texto, mais sérios e profissionais, as audiências baixam. Acho que tenho muitos seguidores no blogue para os temas que para mim são apenas "fait-divers", os artigos para descontrair a navegação no blogue.

Mas o grosso das minhas visitas são oriundas das pesquisas do Google. Só do Google pois não tenho o blogue filiado nos outros motores de busca (não o sei fazer mas também existe alguma inércia minha nesse aspecto).
Este blogue vai sendo conhecido crescentemente e sem lhe fazer nada em especial. Eu sei que existem muitas técnicas para aumentar audiências mas não pratico nenhuma.

Outro caso é o aspecto do blogue que nunca foi alterado. Já deveria ter mudado o template mas sinto-me preso a ele por enquanto pela simplicidade e também porque gosto dos tons das cores. Quando experimento qualquer outro (já experimentei vários), não fico consolado com as sensações e estímulos que me transmitem e acabo sempre com o mesmo...
Mas um dia tenho de mudar, se não ainda sou gozado por vós aí desse lado.

Ahh... e falta referir o total de visitas que resultou este ano todo: 30.000 visitas (ou se tudo correr na normalidade, esta marca será atingida já amanhã, dia 1 de Julho de 2008).
Em mês e meio recebi e aumentei mais 10.000 visitas. Fico surpreendido por ter resultados como este. E parece que o blogue está a subir em audiências ou pelo menos tem tido material que satisfaz quem faz pesquisas no Google.


As conclusões que tenho tirado...

...principalmente por também visitar muitos e muitos bons blogues:
é que não tenho grande jeito para criar opinião. Não sou essa pessoa. Logo este blogue tem pouco valor na blogoesfera e não é relevante.
Parece-me que serve só para animar a malta...

A culpa é minha, pois sou eu o criador da minha própria linha editorial, eu sigo e persigo assuntos que não interessam assim a tanta gente. A razão é que não tenho a possibilidade de me estar somente a viver para o blogue. A minha vida não me permite e acreditem que a permanente vontade de manter este espaço sempre actualizado e bastante diverso, tem-me provocado sacrifícios a vários níveis. E não sei se tem valido a pena ou não.

Para mim serve de exorcismo de partilha do que sei e gosto e que sinto ter acumulado em mim. Não é solidão pois tenho muita gente (família e amigos) mas é porque não posso falar de tudo com todos. Quando estudava em Artes era simples pois bastava ir ao café junto da escola e reunir com a malta. Falar de cinema, música, tecnologias, política, arte... rir... era tudo possível sem esforço algum. Viver e ter família é diferente. Ocupa-nos muito mais e já não somos mais quem fomos pois também já não é possível porque a vida é assim mesmo. A vida avança!

Às vezes penso em terminar o blogue. Acabar com esta forma social de estar. Mas depois lembro-me que me falta falar disto e daquilo... e tudo continua e vai continuando e o futuro ninguém sabe mas eu também não o imagino. Um dia tudo termina e este blogue não vai ser excepção.

O desabafo de hoje pode vos surpreender, talvez seja de estarmos em época de silly season mas...
e depois do nome...

3 comentários:

Bruno Castro disse...

Em resumo, não acabes o blogue, continua assim...
Tb já reflecti sobre o assunto como tu, e cheguei a uma conclusão:
O que interessa é a nossa opinião e quanto mais pessoal melhor, para impessoal temos os jornais, logo o objectivo dos blogues é mesmo esse, ter informação personalizada, e quem quiser que a retenha, quem não quiser que deixe ficar...
Parabéns pelas 30.000 visitas!!!

ArmPauloFerreira disse...

Obrigado pelo apoio Bruno. Vou continuando sim... até me acabarem as pilhas! Quando não der mais paciência...

Sabes, eu gosto do blogue tendo tempo para ele, quando não tenho disponibilidade fico incomodado de alguma forma e esmorece a minha motivação.

Bruno Castro disse...

É como eu, gostava de ter mais tempo para o blogue e até viver disso, mas é muito difícil...