sexta-feira, 21 de Novembro de 2008

Mundo Apple roundup...


Nos últimos tempos, as noticias Apple não têm sido nada de especial em matérias de novidades... mas nos bastidores parece que muita coisa se anda a passar. E a Apple tem deitado cá para fora variados updates.


O update do Safari 3.2 dotou o browser afinal de uma funcionalidade nova e visualmente perceptível.


Agora ao entrarmos em sites seguros é nos apresentado no topo direito, além do já tradicional cadeado, o nome da entidade e clicando nessa entidade é ainda nos apresentado o certificado da segurança.



O Apple TV recebeu mais uma actualização de firmware, versão 2.3, e passa agora a contar com mais algumas habilidades.
Já é possível usar outro comando além do Apple Remote, desde que este seja compatível. O AppleTV passou também a ter a capacidade de AirTunes e emitir o som (streaming) para um AirPort Express das redondezas (altamente) que esteja ligado a colunas ou sistema de som. Com este novo update é possivel controlar o som das músicas de forma independente e já é possível apresentar numa mesma playlist música, videos e podcast seguidos que não há problema agora.


O iTunes foi actualizado para 8.0.2, que entre outros melhoramentos no desempenho e a habitual segurança, corrige:
- problemas relacionados com a criação de MP3s em alguns computadores.
- problemas de ligação com a iTunes Store ao usar proxies da Internet com o Mac OS X.
- acesso melhorado com VoiceOver.

Uma outra boa noticia, que se anda a passar nos bastidores tem a haver com a iTunes Store vir a ter mais faixas sem DRM de mais 3 principais editoras Universal Music Group, Warner Music Group e a Sony BMG. Essa editores aumentariam consideravelmente a disponibilização de um enorme catálogo de venda de música sem DRM, além das já existentes em iTunes Plus EMI, Blue Note, Capitol e a Death Row entre outras mais.
Só espero é que o aumento de editoras não tenha de fazer de mudar o formato do ficheiro de música do excelente AAC para o MP3. Uma das razões das editoras é quererem tudo em MP3 e dessa forma disponibilizarem eles as faixas, que depois são distribuidas por todas as lojas on-line (Amazon, iTunes Store, etc...). Mudar para um formato inferior não me parece boa ideia...


Os novos MacBooks têm sido noticia recentemente... mas pelas más razões:

- Primeiro porque no novo design o monitor tem um vidro muito espelhado e há por aí muita malta que os detesta. Pessoalmente, já os vi e não percebo tanto alarido... todos os portáteis de outras marcas são assim espelhados.
Curiosamente, o iMac quando surgiu foi acusado do mesmo mas parece que hoje em dia já não tem problema.
Ao mesmo tempo a Apple descontinuou já o monitor Apple Cinema Display de 23"... sendo que a opção no mesmo tamanho passa unicamente pelo glossy Apple LED Cinema Display ou pelos ainda disponíveis monitores de 20" e 30". O mundo Apple vê-se agora por monitores bem glossy... e eu até que gosto bastante mais!

- Em segundo por o MacBook 13 não ter a ligação Firewire. Aqui acho que foi uma enorme asneira da Apple... mas a verdade é que quem usa MacBooks practicamente nunca lá ligou o que quer que seja. Assim o firewire passa a existir só no MacBook Pro e se calhar até está bem pensado... mas que é uma pena o de 13 não ter lá isso é...;

- Terceiro porque o novo e inovador trackpad do rato dos portáteis com tecnologia touch e sem botões de clique... não faziam clique. Nada como a Apple ter já lançado um update e com software ter corrigido essa falha;

- E por fim, um quarto apontamento porque afinal estes novos MacBooks impedem a ligação a monitores externos (TVs LCD e semelhantes) não HDCP-compatíveis, a visualização dos conteúdos video da iTunes Store (como em Portugal não existem conteúdos desses na iTunes Store disponíveis, este problema não nos atinge). No fundo é a protecção DRM dos videos da iTunes Store que estão a impedir a  exibição dos videos.



One more thing...

Para terminar, a Intego anda preocupada por não haver virus para Mac OS X e vai daí e desencantaram um trojan horse, o OSX.RSPlug.D, que se instala como uma imagem dmg. E é claro, que eles andam a espalhar a mensagem (leia-se dar uma razão para vender os seus produtos) e que até já actualizaram as protecções do seu Intego VirusBarrier X5 para estar apto a defender os Mac users desta ameaça. Se é que é uma ameaça...

1 comentário:

Anónimo disse...

Sou um "rookie" tenho uma semana de uso a sério...e a estabilidade e aconfiança no sistema é algo fantástico...(bem diferente do mundo windows)...

Realmente as software houses estão desejosas por explorar este ambiente...criando a suspeita...

O sistema OS X da Apple não é infalível...mas convenhamos os riscos são infinitésimamente menores do que o ambiente windows...se estivermos afastados de "sites" suspeitos de onde poderemos descarregar "alguns" aplicativos suspeitos...aí ?!?!...
mesmo assim de que interesse tem um utilizador anónimo...para o crime organizado na busca de lucro rápido e fácil ?
Sim ... os 90% ou mais de utilizadores windows são um alvo bem maior e disponível...

Cumprimentos...