terça-feira, 28 de Julho de 2009

Sinergia entre software e hardware Vs modelo Microsoft

A tecnologia fez com que tudo se alterasse e no mundo tecnológico cada vez se percebe melhor que é na sinergia entre software e hardware que o sucesso tem pairado.
Uma das conclusões que se tira do artigo do SPP é precisamente este cenário, perante a actual situação da Microsoft, cada vez mais em queda.

Um desses casos, o mais duradouro e famoso exemplo deste tipo de sinergia é a própria Apple.
Macs + OS X
iPod-iPhone + iTunes + iTunes Store
iPhone + iPhone OS + AppStore

Outro caso bem actual (e que promete bastante para o futuro) é o sistema operativo para smartphones da Google, o Android, nos aparelhos da HTC. Está no bom caminho...

O sucesso futuro não estará certamente pela estratégia da Microsoft baseado em vender portáteis baratos com Windows e a copia descarada dos desenvolvimentos dos rivais...


Vamos apreciar especificamente o caso Microsoft...

Segundo diz o site Applemania: "A empresa pode estar agora em real declínio. Se for verdade, ela trouxe a má sorte sobre si mesma ao ignorar suas competências básicas, já que exibe sinais do que só pode ser descrito como Distúrbio de Déficit de Atenção Corporativa — DDAC”, diz John C. Dvorak em artigo publicado no site especializado em mercado MarketWatch."

E DVorak enumera os sinais:
“Anos atrás, na era pré-Internet, só se falava na AOL, daí a Microsoft tinha que copiá-la com o MSN. Nenhum dinheiro foi ganho com isso, nenhuma vantagem estratégica foi conquistada”;

“O [navegador] Netscape foi o sucesso de uma época, então a Microsoft chegou junto com um navegador e se atirou nesse negócio. O navegador foi distribuído de graça. Nenhum dinheiro foi ganho. A estratégia trouxe encrencas para a empresa com os caçadores de cartéis do governo”;

“Nos primeiros dias da Internet, novas publicações online apareceram. A Microsoft decidiu tornar-se uma editora também, lançando uma avalanche de edições online que incluiam uma revista de informática e outra para mulheres. Todas foram extintas”;

“Livros eletrônicos tornaram-se populares. Então a Microsoft lançou a Microsoft Press. Após um período de sucesso inicial, a empresa logo perdeu interesse nisso e a divisão agora agoniza”;

“[O brinquedo robótico] Teddy Ruxpin se tornou um sucesso. Então a Microsoft lançou alguns brinquedos similares, incluindo o horripilante dinossauro roxo Barney que cantava ‘Amo você, você me ama’. A empresa logo perdeu o interesse nisso e se desfez da coisa toda”;

Surgiu a AOL TV, junto com outros mecanismos de distribuição de canais de TV, nos anos 1990. Então a Microsoft criou sua divisão de TV, bem como um aparelho. Logo perdeu o interesse nisso também”;

“O Adobe Photoshop tornou-se um enorme sucesso, então a Microsoft contratou Alvy Ray Smith para desenvolver um software editor de fotos. Smith foi demitido quando a empresa perdeu interesse na idéia”;

“Yahoo e Google mostraram que uma ferramenta de buscas pode ser uma máquina de fazer dinheiro, então a Microsoft copiou a idéia. Hoje ela tem o Bing”;

“Aplicações em nuvem atualmente são uma tendência, junto com noções sobre software como serviço. A Microsoft decidiu que deveria entrar nesse negócio também”;

“A Apple chegou com um todacor MP3, o iPod. Então a Microsoft veio com seu próprio tocador MP3, o Zune [um colossal fracasso]. A empresa agora diz que quer transmitir música”;


Só não entendo como é que o CEO da Microsoft, Ballmer, não vê a realidade...

Sem comentários: