quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Superdrive do iMac G5 iSight deixou de gravar... mas lê. O desencanto...

Tenho andado desanimado com a SuperDrive do meu iMac G5 iSight de casa.
Então não é que a drive deixou de gravar qualquer DVD!?

Nos últimos meses o raio da drive andava muito sensível: facilmente ejectava discos, não reconhecia qualquer dvd virgem como apto a gravar, deixou de gravar e reconhecer os discos dual-layer...

Curiosamente lê muito bem CD's e DVD's, quer sejam originais ou gravados... só não grava.

Uma pesquisa na net pelos fóruns por aí, deu-me a perceber que o problema não é só meu. Aliás... parece mesmo que o problema é geral para todos aqueles possuidores de iMacs G5 e muito especialmente da derradeira versão, o iMac G5 iSight.
Pelos vistos a Superdrive Matshita UJ-846 está no centro desta situação desagradável, pois são em termos de longevidade e uso, são algo mais limitadas. Quem diria...

Até então usei sempre o Disk Utility do OS X para gravar, por vezes também pelo Finder. Nunca tive problemas.
Com o Leopard do inicio tudo funcionava bem, mas neste ano de 2009 ficou tudo mais caricato e eu acho que está relacionado com os updates do OS X 10.5.x. Meti o Toast 10 (para ajudar a simplificar a conversão Xvid>DVD de alguns videos) e ainda cheguei a gravar uns DVDs. Depois desde Abril que tem sido mesmo dificil... imensos discos a não serem reconhecidos como graváveis. Só DVDs a serem ejectados aos montes.

Estou mesmo desanimado, até mais porque o disco externo (500Gb) encontra-se totalmente cheio (tem menos de 1Gb livre) e ia fazer os backups, cópias de arquivo em DVDs da época e... nada. Não grava nada!
Tanto material lá dentro para esvaziar (séries completas e filmes, principalmente) e não posso fazer nada.
É muito desanimador...

Obs: o iMac intel no local de trabalho funciona perfeitamente.


Teorias de conspiração...

Em sintonia com a situação, têm-me assaltado teorias de conspiração Apple para com os utilizadores de Macs antigos e não-Intel. É que, além de os Macs com processadores PowerPC estarem condenados a ficarem-se pelo OS X 10.5.x Leopard (o Snow Leopard será apenas para os Intel), também se têm sentido fortes quebras de performance.
Tenho notado isso desde os mais recentes updates ao OS X 10.5 lançados este ano. Até aqui, um update melhorava a vida ao mac mas este ano a impressão que tenho ficado é que o meu iMac G5 está a andar para trás.

Da mesma forma o actual iLife'09, funciona no mesmo sentido: lento, lento, lento.
Fazer os meu home-videos no iMovie para passar a DVD ou a video para o iTunes (compatível para o iPhone) tornou-se numa tarefa de muitas horas no momento do export. Gerir no iPhoto as fotografias, ficou muito agravado devido ao programa estar sempre a indexar infindavelmente os Rostos e os locais.

Se juntarmos a isso, a quebra de rendimento em momentos que o Wi-fi e/ou a ligação à net, andam baixas na velocidade (cada vez mais as aplicações dependem da net), os ciclos do Mail, o RSS do Safari, o iTunes a verificar dados, etc.

O que acho é que a Apple, tem evoluído a base Intel e pura e simplesmente, apenas torna as evoluções compatíveis (as possíveis) com a base PowerPC.
Compatíveis mas não optimizadas. Digamos que é uma forma subliminar de nos fazer acreditar que esses Macs deixaram de prestar e temos de comprar outro.

Não tenho dúvidas que irá acontecer o mesmo ao iPhone 3G, quando as tecnologias estiverem mais pensadas para o 3GS e futuros modelos, a serem unicamente compatíveis mas não optimizadas, de forma a tornar os modelos em autênticas lesmas de funcionamento.
Penso mesmo que isso até já se iniciou no iPhone 3G...


O tempo em que PowerPC, especialmente G5, significava melhor rendimento que um processador Intel... acabou há muito.
O tempo em que a Apple primava por ter computadores de grande longevidade... acabou.
O tempo em que Apple significava qualidade acima de tudo... está a acabar também.


Actualização em Setembro: a SuperDrive já nem sequer lê agora. Acabou-se mesmo a puta!
E este problema tem se alastrado até para os Macs com Intel... e dos recentes. No Tidbits também já notaram este problema estranho demais para ignorar (ver artigo: "Exploring Widespread SuperDrive Problems")e ninguém vê a Apple a assumir-se.
A maça está podre... cada vez mais. Se não fosse o sistema operativo ser tão bom...

1 comentário:

Nasp disse...

Isso é uma grande chatice para susbstituir, imagino!

é o 2 em 1, estraga-se a TV ficas sem VHS.

Compra um gravador externo USB 2.0 caso n tenhas já um!