quinta-feira, 15 de abril de 2010

MyJukebox: Quim Barreiros, o grande Mestre (da culinaria!)

Quim Barreiros : "Mestre da culinária" + "Adolfo Dias" (em Mestre da Culinária -1994)

Gosto bué do reportório musical do grande Quim Barreiros!
Ele ao menos sabe sempre dedicar uma musiquita à malta em geral, até a todos aqueles mais esqueciditos pelos outros artistas (os padeiros, motoristas, chefes de cozinha, o pedreiro, o sapateiro... e por aí fora) ou até mesmo a situações de pura banalidade (uma festa de anos, sobras de comida, etc).

O problema é que todos nós somos maliciosos a interpretar as coisas que canta e depois deturpamos tudo o que ouvimos. Não é ele o culpado da malícia que insistem em dizer que há na música dele... pois o Quim Barreiros até deveria ser visto como um santo nacional!
(Daqueles que manda as beatas ajoelhar e rezar muito...)

O meu trabalho é de noite
E ganho pouco dinheiro.
Mas eu sei que todos gostam
Do cacete do padeiro!
(em "Mestre da cúlinária")


Mas melhor, ainda melhor é a "Adolfo Dias", um pobre coitado a trabalhar a motorista chamado Adolfo Dias mas também muito conhecido por Diamante. Depois há a nossa lingua portuguesa, que por vezes pode ser muito traiçoeira (as omissões de pausas entre palavras por exemplo)... e faz o resto.

Adolfo Dias é meu nome
(...)
Também me chamam Diamante
(...)
Eu fui procurar emprego
Arranjei o de choffer
(...)
Porque sou de confiança
E segredos eu sei guardar
Levo o patrão à amante
(...)
Faço parte da família
São palavras do patrão
Quer a mulher quer a amante
Têm por mim estimação
(...)
O Adolfo Diamante
E a mulher do patrão
Adolfo Dias é meu nome
E também na profissão
(...)

2 comentários:

CINE31 disse...

Descobri que diamante rima com Amarante :-D

ArmPauloFerreira disse...

Adolfo Dias é simplesmente das melhores canções do grande Quim Barreiros. Tem 5 estrelas no meu iTunes e passa várias vezes... foi por isso merecedora de figurara nesta rubrica.

Ele é um mestre a usar a língua portuguesa.
Xii... a usar a língua...