quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Tindersticks... playlist

Reparei que só de artigos dedicados aos Tindersticks aqui no blogue já se contam por vários publicados, contudo nunca me dediquei a fazer uma espécie de top das mais apreciadas, a nivel pessoal, desta magnifica banda.
Toca a arregaçar as mangas!


O mais dificil acabou por ser criar uma playlist reduzida com um minimo de 20 faixas, pois a minha playlist de favoritas no iTunes contava com umas 40 canções...
Avanço com as apuradas faixas candidatas à playlist final:

Until The Morning Comes
Can We Start Again?
The Flicker Of A Little Girl
City Sickness
What Is a Man (single)
Black Smoke
Marbles
Shadow
Yesterday Tomorrows
Kathleen
Let's Pretend
I´ve Been Loving You Too Long
Peanuts (Feat. Mary Margaret O’Hara)
*This Road Is Long (feat. Maria McKee) [de Staples a solo]
If She's Torn
Sometimes It Hurts (Feat. Lhasa de Sela)
A Marriage Made in Heaven
Mother Dear
Tiny Tears
Trying To Find A Home
Raindrops
My Oblivion
Mistakes
Chilitetime
*The Light Holds So Many Colours [de Rodrigo Leão com Stuart A. Staples]
*People Fall Down [de Staples a solo]


Can We Start Again?


Humm... retirar faixas...adicionava eram umas poucas mais...
Já agora que faixas removiam para fazer apenas 20?

5 comentários:

João Sousa disse...

E dá-me a impressão de que já aí estão de novo caídos para os Coliseus. Foi pena não ter sabido com mais antecedência, podia ter organizado de maneira a (finalmente) ir vê-los ao vivo.

Mais cedo ou mais tarde devem comprar casa aqui, de tantas vezes eles vêm.

aPAULOf disse...

Se sabia tinha publicado algo a anunciar...
Hoje, dia 27 foi dia de concerto ao vivo no Coliseu do Porto (não fui - mas já fui há uns anos atrás e foi memorável) e Quinta 28 no Coliseu do Porto.
Uma conta no Facebbok daria para seguires a banda e saber de todos os eventos deles e sobre eles (e fotos - a deste post é de lá). Até daria para seguires o Ecos aqui do "je"...

aPAULOf disse...

Se és conhecedor a lista de faixas... nada a dizer já agora?

João Sousa disse...

O Facebook é o ópio do povo. Agora a sério, eu não consumo redes sociais - já há tanta coisa para ler sem juntar mais isso à rotina diária. E se eu fosse sistemático, bem que saberia com antecedência que vinham cá: os Tindersticks têm uma daquelas coisas muito modernas chamadas "website".

Em relação à playlist, respondo como os elementos do povo profundo quando os jornalistas lhes perguntam algo: "acho bem" ou "acho bonito". :-) Eu não conheço a totalidade da obra tinderstickiana mas, se o punhado de cds que tenho em casa e as restantes canções aleatórias que ouço forem uma amostra representativa, bem que se podem escrever os nomes das canções em pedacinhos de papel, atirá-los ao ar e escolher aqueles que pousam na mesa do café: nunca ficaríamos malvistos. Se eu fosse picuinhas, limitar-me-ia a protestar com o não teres encaixado algures nela o No More Affairs.

Mas não nos preocupemos com minudências: tal como está, está muitíssimo bem.

aPAULOf disse...

Ora aí está um exemplo de escolha que também resultaria.
Essa canção é boa sim e adoro também a versão em francês, que a língua torna-a muito especial. O segundo álbum foi a minha porta de embarque e fi consumido até à exaustão que deixou de as melhores parecerem já nada de mais. Na lista deixa-me mais pena faixas como "A Night In" e "Cherry blossoms"...
Contudo, ainda irei reduzir mais algumas, o que fará suceder injustiças tambem...