terça-feira, 2 de agosto de 2011

Canais TVcine... Agosto'11

Uma promo do que vai passar de novidade em Agosto nos canais TVCine.


Ora deixa lá ver só por esta promo:
Tron Legacy... yeap! Bem fixe!
Sexo e a Cidade 2... oh yeah!!! Gostei bué, fez-me rir até perder o ar e... tenho de o rever até!
Predators... yeap! Mesmo muita fixe!
O Livro de Eli... yeap! Pujante e um bom final com importância.

O resto ainda não... Cartas para Julieta (...pfff!) e o Comer Obrar Amar ainda não vi. (Acho que não me enganei no titulo do filme com a Julia Roberts)
Shame on me?!

2 comentários:

João Sousa disse...

Não vi o Tron Legacy. Ainda. Estou convencido de que não fez o Cinema "avançar" um milímetro que seja, mas o esteta que há em mim espera pelo menos umas imagens interessantes. Pastilha-elástica para os olhos.

--

Sexo e a Cidade 2: o primeiro foi escusado; este foi não duplamente, mas quadruplamente escusado.

[De acordo com a minha investigação, a inutilidade de qualquer filme "Sexo e a Cidade n", em que n é a sua ordem na série, pode ser dada pela fórmula:
inutilidade(n) = n*n]

Tal como os cartazes de espectáculos trazem em rodapé os patrocinadores, este filme também os devia ter. Algo do género: "Clínica Estética Snip"; Acme, distribuidor de Botox; Adobe Photoshop.

Calculo que reduzir as gelhas àquelas matronas tenha exigido à ILM mais tempo de cálculo nas renderfarms do que os dois primeiros Jurassic Park. A Kim Catrall participou no primeiro Porky's, senhores!

--

O Livro de Job: não vi, mas tenho curiosidade. Mesmo quando são ruinzinhas, estas distopias pós-apocalípticas sempre me divertiram.

--

Predators: foi uma agradável surpresa.

Quando ouvi os rumores sobre um remake, temi o pior. Depois os rumores passaram a ser sobre um novo filme - como se fosse possível fazer algo de novo envolvendo estes ETs com cara de crustáceo, péssimo feitio e sangue fluorescente. Mas isso fez-me sentir mais confortável e com curiosidade, simples curiosidade por mais um par de horas de sangueira, decapitações e desmembramentos. Depois li que seria protagonizado pelo Adrien Brody, um magricela com mais carne na penca que nos bíceps, e achei que estariam a gozar comigo. Adrien Brody dificilmente conseguia estar mais longe da minha ideia de "actor de acção".

Achei o filme divertido e escorreito. Mesmo na cadeira de produtor, é inegável que Robert Rodriguez sabe do ofício. E o Adrian Brody, depois de comer ums frangos e passar uma temporada no ginásio, foi uma agradável surpresa. Um bom actor há-de sempre ter mais capacidade de nos fazer acreditar em situações que à partida acharíamos improváveis.

--

O filme com a Julia Roberts: nem me vou dignar perder tempo com um comentário.

ArmPauloFer disse...

João, obrigado pelas tuas opiniões. Gostei de como te expressas sobre todos estes filmes. Em geral concordo com tudo. Contudo, sou um dos raros apreciadores do Sex and the city 2... mas também tenho noção que é um filme de chacha mas divertiu-me e não é para levar a sério.
(Desculpa só agora ter comentado... tempos dificeis e... foi me passando. Muito obrigado!)