quinta-feira, 30 de junho de 2011

Transformers 3; Meek’s Cutoff; The Way Back; Les Petits Mouchoirs... desde 30Jun11 nas nossas salas

Esta semana não é possível passar ao lado de uma das estreias do ano (sim talvez mesmo o blockbuster do ano)... só peço que seja melhor que o Transformers 2 (ou como por vezes lhe chamo de wTF2 - "what Tha Fuck 2)!


Transformers: Dark of the Moon
Transformers 3
(isto é que é simplificação tuga!)

Realizador: Michael Bay
Com: Shia LaBeouf, Rosie Huntington-Whiteley, Tyrese Gibson...

Sinopse: "Transformers: The Dark of the Moon” centra-se em Sam (Shia LaBeouf) que depois de acabar o seu curso universitário tenta encontrar um emprego. No entanto, esta sua tarefa é subitamente interrompida pelos Autobots que voltam a precisa da sua ajuda para salvar a Terra dos diabólicos planos dos Decepticons que desta vez são liderados por Shockwave, um dos maiores aliados de Megatron."





e também o interessante western:

Meek’s Cutoff
O Atalho

Realizador: Kelly Reichardt
Com: Michelle Williams, Bruce Greenwood, Paul Dano...

Sinopse: "1845, Oregon. Uma caravana composta por três famílias contrata Stephen Meek, um explorador, para guiá-los através da Cordilheira das Cascatas. Meek, afirmando conhecer um atalho, conduz o grupo ao longo das planícies desérticas por um caminho não assinalado, acabando por se perder num deserto de pedras. Os emigrantes terão de enfrentar a fome, sede e a falta de fé que demonstram no instinto de sobrevivência uns dos outros. Quando um nativo-americano se cruza no seu caminho, os emigrantes sentem-se divididos entre depositar a sua confiança num guia que provou ser pouco fiável e um homem que sempre viram como um inimigo natural."




e ainda:

The Way Back / Rumo à Liberdade
Realizador: Peter Weir
Com: Jim Sturgess, Ed Harris, Colin Farrell...

Les Petits Mouchoirs / Pequenas Mentiras Entre Amigos
Realizador: Guillaume Canet
Com: François Cluzet, Marion Cotillard, Benoît Magimel...




Fonte (posters, infos e sinopses): tvPRIME

Hitchcok... os fan-posters de Matt Needle

A arte de Matt Needle, que recriou alguns dos posters de Hitchcock num estilo minimalista e sempre empregando a muito reconhecida silhueta de Alfred Hitchcock.
Boa onda!


Fonte: Flicker de Matt Needle

MyJukebox: Tindersticks - Mistakes [som+lyrics]

Som no meu subconsciente...

Tindersticks
"Mistakes"
(do álbum "Tindersticks [2]" -1995)


(a seguir: som+lyrics+observações)

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Jussipussi...

Há cada uma!
Reparemos só no nome desta marca de pão, a "Jussipussi, que é muito sugestiva, sem dúvida (quando pensada em inglês).
Não deve ser nada insosso...


Já imagino: "Ena, hoje vai haver jussipussi para comer!"
Ou: "- Dás-me a regueifa?" "- Oohh, só há jussipussi... Queres?"

Deve ser por isso que também se diz: "És um pão!" Ou talvez não, aqui acho que já estou a fazer alguma confusão...

terça-feira, 28 de junho de 2011

Ideias: As caricaturas de Hoisel

Numa das minhas viagens pela minha linha, deparei-me com a arte caricatural do artista brasileiro Thiago Hoisel.

Dono de um traço muito bom, este artista consegue expressar no seu blog Hoisel, nas suas imagens artísticas, aquelas que são as características mais notórias dos modelos que desenha.
E que desenhos... impressionante todo o portfolio que exibe.
Recolho algumas obras dele, que penso que todos poderão muito bem perceber as ideias visuais e cartoonescas, que têm corrido o mundo.






Obs: este é um dos muito artigos nunca publicados e remetidos a rascunho (deste desde Março '2009).
Há coisas assim...

4 imprevistos anos a fazer eco...

Os dias (e noites) passam, os meses sucedem-se, os anos acumulam-se... e este blog lá continua, como se tivesse vida própria e conta com o quarto ano de actividade ininterrupta. Contudo, até na data de comemoração é especial: há duas datas para poder comemorar, sendo uma a do dia de abertura (11Fev'07) e a outra a do dia em que assumi publicar sem parar (27Jun'07).
É a segunda data que optei celebrar desta vez... é a que mais gosto e a mais justa!


Agradeço a todos os que trilham os mesmos caminhos deste espaço. Mesmo sendo um espaço de mim para mim... foi sempre bom saber que existe muita companhia por aí.
Xiii, 4 anos depois ainda continuo a achar que este blog tem pouca qualidade... continuo insatisfeito.
É, tenho de fazer melhor!

Apple iPad 2 tv ad: now!


Uma recente publicidade da Apple para o iPad 2:

"Now"


Não... não me chateio!
Podem-me arranjar, e "já", um destes que eu tomarei bem conta dele... prometo!

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Revista Empire portuguesa... de Julho11 nas bancas!

Já se encontra nas bancas a edição de Julho'11 da revista de cinema
Empire Portugal:



Pedestal: Vertigo (1952)

Vertigo
A Mulher Que Viveu Duas Vezes

de Alfred Hitchcock, 1952

domingo, 26 de junho de 2011

MyJukebox: Red Riding Hood (OST)... parte 2

Continuocom mais algumas faixas da banda-sonora do filme "Red Riding Hood" (ver parte 1), que gostei muito da OST e do filme, claro.

Ficam então mais 3 faixas espectaculares, as últimas que destaco e ficando assim completa a minha selecção musical desta OST.

Red Riding Hood
(Original Motion Picture Soundtrack)
2011



Fever Ray
"The Wolf"
(intensa, um potente ritual...)



Brian Reitzell
"End Suite"
(score magnifico... e que prolonga o efeito de deslumbramento do filme)



...e por fim, a mais venerada (e que justificou criar este segundo post):

Anthony Gonzalez (from M83) and Brian Reitzell
"Just A Fragment Of You"

(esplenderosa, brihante, a fusão do score com canção em toada trip-hop, alguns vocoders e uma avalanche final de electrónica, guitarras e score - o momento de excelência viciante da OST e que tem estado em repeat... e que rivaliza com a dos The Big Pink!)


A chegar (em 2011): Captain America: The First Avenger... novo poster e trailer

(Fogo! Que este blog não vai ficar a chuchar no dedo, que é isso... parece que tudo o que é um bom blog exibe este novo poster e segundo trailer do Capitão América e... não se pode perder mais tempo! Gamei logo de imediato ao Split Screen o poster (e mais alguns), que é para eles e outros, não se ficarem a rir... ahh pois é! Pronto, e agora assim como se nada fosse, o meu post... ehehehh.)


Saiu este novo poster e também um segundo trailer de "Captain America: The First Avenger", que chega a Portugal a 4 de Agosto (esta carola sabe tudo, hã!?).



A julgar pelo trailer, que exibe mesmo muito bom aspecto, muita coisa boa em termos de adaptação e bem feito, a pontos de mentalmente ter começado a cantar "...when Captain America throws his mighty shiiiield!" de alegria, digo que:
Vamos ter filme!
Vamos ter filme!
Bamos ter fiiiiillllme!!!

Tão fixe o trailer que até me dá para inundar o artigo com mais dois posters, da Peggy Carter (a gaja do Steve Rogers, interpretada pela Hayley Atwell - ele tem bom olho pois ela sabe como pegar na... numa metralhadora!) e o arqui-inimigo do Capitão, o Caveira Vermelha (Red Skull, que é interpretado pelo grande Hugo Weaving)




Toca a cantar (a malta mais antiga sabe bem como é):

When Captain America throws his mighty shield,


All those who chose to oppose his shield must yield.

If he’s led to a fight and a duel is due,
Then the red and white and the blue’ll come through

When Captain America throws his mighty shield.


Myjukebox: The Velvet Underground - I'm Set Free (song+lyrics)

Som no meu subconsciente...

The Velvet Underground
"I'm Set Free"
(do álbum homónimo "The Velvet Underground" - 1969)


Som, letras e comentário sobre a canção:

sábado, 25 de junho de 2011

MV TMN... Festival Marés Vivas 2011 (Gaia)

Este ano vamos ter grande festival em Gaia!
A organização esmera-se cada vez mais e nota-se que de ano para ano têm tornado o Marés Vivas num evento à escala nacional. Cada ano que passa o alinhamento de cada dia é de grande interesse e todos os anos há sempre um dos artistas que até me fazem brilhar os olhos...

O MV TMN Festival Marés Vivas '11 realiza-se nos dias 14, 15 e 16 de Julho de 2011 em Vila Nova de Gaia.

O cartaz completo é o seguinte:


Dia 14 de Julho:
Manu Chao, Xutos e Pontapés, Natiruts;
+ Anaquim, Pitt Broken, João Dinis e Nuno Carneiro;

Dia 15 de Julho:
Moby, Skunk Anansie, Expensive Soul
+ Classificados, Mendes e João Só, Kicko, Let There Be Rock e Gonçalo Mendonça;

Dia 16 de Julho:
Mika, The Cranberries, Tindersticks, Aurea
+ Os Azeitonas, Mia Rose e Baile Tranquilo: Marcelinho da Lua convida Fernanda Porto.

Apple: OS X Lion... chega em Julho!

OS X Lion... disponível já em Julho!




Para não ser só a minha prosa do costume, vou até servir-me das palavras certeiras de João Sousa, um dos meus comentadores aqui deste meu pasquim (que é somente dos melhores comentadores, adianto já) e tornar isto numa espécie de guest-post sobre o novo sistema operativo da Apple, o OS X Lion (10.7):

"- ocultação de scrollbars: não sei se será uma boa solução de UI. Uma das funções das scrollbars é, precisamente, mostrar ao utilizador que há mais conteúdo do que aquele visível. Se elas só aparecem com o movimento de scroll, fico insatisfeito. A ser assim, faria mais sentido fazê-las visíveis com qualquer movimento do rato, ou simplesmente torná-las translúcidas e menos intrusivas.


- launchpad: interessante. Mas não estamos a correr o risco de complicar com UIs sobrepostas? Algo que sempre me agradou no OS X para infófobos é a obsessiva simplicidade de uso - um botão no rato, lembram-se? Agora, quase sinto necessidade de uma cábula só para acompanhar todos os multigestos.


- resume: perfeito. Com uma excepção: fechar à pressa o browser com pornografia perde a sua eficácia…


- autosave/versions: ainda bem, esta é muito a minha forma de trabalho, em particular no Photoshop. Em escrita, nem tanto, até porque tendo a rascunhar em papel.


- Airdrop: quero aguardar para ver como funciona no mundo real. Tal como nos foi apresentado, pensei se não corremos o risco de ver, quando ligados numa rede pública, o nosso Mac identificado em todos os outros - um pouco como acontece com as gentes que não sabem desligar o bluetooth do telemóvel. Tem de existir um processo de limitar à-priori o comportamento desta funcionalidade. Talvez limitá-la a determinadas redes wifi.


- Mail: soluções bastante elegantes para as buscas e o conversation-view.


- AppStore: podermos configurar o OS X para apenas permitir a instalação de aplicações via AppStore seria uma grande barragem contra malware. Também (não) me espanta o pouco destaque que tem sido dado ao sandboxing. Mas fiquei com uma dúvida: este é válido apenas para aplicações instaladas via AppStore, ou é válido para qualquer aplicação "empacotada" - característica obrigatória na loja? O que vi ou li não é conclusivo.


- Fullscreen: merece-me um texto dedicado, até por ser algo que me está próximo."

Tanta coisa tão bem referida sobre o OS X Lion... perfeito!

Cine-critica: Awake (2007)

Awake
Acordado
2007


Realização e argumento:
Joby Harold

Com:
Hayden Christensen, Jessica Alba, Terrence Howard, Lena Olin...

Sinopse (via Cinema2000): "Para um jovem homem que tem tudo o que Clay Beresford, o herdeiro de um banqueiro, precisa é um transplante de coração que irá salvar-lhe a vida. Tendo sido encontrado um dador, a sua alegria transforma-se em puro terror quando ele se vê numa situação que poucos se atreveriam a imaginar: é deixado completamente alerta durante a cirurgia."



Bom filme. Invulgar, uma boa história onde as personagens são mais do que parecem e com artifícios narrativos muito criativos.
O filme começa quase no fim, numa situação de impasse e incerteza onde um cirurgião refere a morte do seu paciente e depois recua ao ponto de onde tudo começou. Ficamos a conhecer que existe uma percentagem de pessoas que resistem às anestesias e acordam durante as cirurgias, tendo o corpo que continua adormecido mas totalmente conscientes de tudo que se está a passar e pior ainda sentindo em silencio as dores da intervenção.


No entanto, o que parecia um mero caso destes muito raros, é ainda acrescentado de duas camadas extra narrativas que tornam tudo muito mais interessante. Uma é que a operação não é bem inocente e a outra é uma espécie de estado além da morte, onde o paciente vagueia pelas suas memórias e em projecção corporal presencia eventos que desconhecia, revelando-nos assim um filme que tem mais enigmas para contar do que parece.
São vários twists narrativos, que gradualmente vão surpreendendo e despertando cada vez mais o interesse por este impressionante filme.
Gostei do elenco: Hayden Christensen muito interessante, a Jessica Alba (que nutro um certo ódio de estimação) está muito agradável e sem ser nada demais com uma classe que já não lhe via há muito tempo e a Lena Olin consegue fazer muito com tão poucas cenas.
Andava em lista de espera "à séculos" e caramba que o devia ter visto à mais tempo.
Filme curto (80m) e muito porreiro.
Gostei!

Classificação:
6,5/10

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Cine-critica: A Life Less Ordinary (1997)


A Life Less Ordinary
Vidas Diferentes
(1997)

Realizador:
Danny Boyle

Com:
Cameron Diaz, Ewan McGregor, Holly Hunter, Delroy Lindo...



Um dia destes passou na SIC e acho que soube melhor ver este filme agora do que na altura. Uma mistura de estilos que Danny Boyle tenta apresentar em modo mainstream em solo americano.

Um tipo acabado de ser desempregado, abandonado pela sua gaja que fugiu com outro e ainda cheio de problemas... decide-se a raptar a filha do ex-patrão (Cameron Diaz - que faz de filha secreta de Marylin Monroe e John Kennedy), mil e uma coisa acontece neste rapto, que passa do antagonismo entre os dois para a cumplicidade, conspiração e chega ao amor...


O mais engraçado é saber que tudo isto é obra de dois anjos no céu, que puxam os "cordelinhos" para os juntar e que não vendo os planos cumprirem-se, descem literalmente à Terra e ainda pioram mais as coisas...

Bom entretenimento, momentos loucos, humor irónico e condescendente (como gosto), um grande elenco que se presta a tudo e muito mais. Comédia, romance e até karaoke.
Foi bem fixe sem ser nada de mais.

Feliz noite (e dia) de S. João '11

The roof is on fire!


Feliz noite (e dia) de S. João '11...

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Feliz S. João '11...

Fui ali tirar estas fotos ao mangerico que aqui tenho e partilho, pois este foi muito bem escolhido.
Que rica quadra...



"S. João, tu és do Porto
O meu Santo padroeiro
Vamos pedir ao governo
Que nos tragas mais dinheiro."


(Isto até soaria bem melhor na voz do Pinto da Costa...)


A todos os que comemoram: um feliz São João, com muita sardinhada e pimentos, ou outras coisas que mais gostem, tudo sempre bem regado com o vil sumo d'uva bem fresquinho e semelhantes... tem de ser repetidas vezes... e haja muita folia. Toca a levar com os martelos na carola e aceitar levar com o alho-porro no focinho...
E amanhã é novamente feriado! Yes!!!

MyJukebox: Enigma - Gravity Of Love [song+lyrics]

Som no meu subconsciente...

Enigma
Gravity Of Love
(do álbum "The Screen Behind The Mirror" - 2000)


Som, letras e observações:

E bem nos disse: Father X, exorcist (#2)








"If you believe in the light,
it's because of obscurity,

if you believe in happiness,
it's because of unhappiness,

if you believe in joy,
it's because of sin,

and if you believe in God,
then you'll have to believe in the Devil."





Father X,
Exorcist,
Church of Notre Dame,
Paris



MyJukebox: Gregorian - So Sad [song+lyrics]

Som no meu subconsciente...

Gregorian
(featuring Sisters Of OZ)

So Sad
(do álbum "Sadisfaction" - 1991 ou no maxi-single "So Sad" - com mais duas versões )

Capa do maxi-single

Video/som, lyrics (em latim) e observações:

MyJukebox: Equinox - Amen part II

Equinox
Amen - part II
(do maxi-single "Amen - part III" - 1990)


Som (com link para download) e observações:

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Bad Teacher; Something Borrowed; e outros... desde 23Jun11 nas nossas salas

Esta semana estreiam duas comédias, românticas ou não, que me parecem ser os verdadeiros destaques da semana... de tal maneira que nem quero saber quais são os outros. Who cares, right?
Estes dois podem até ser vistos por muitos como meros shity-movies para matinés e tal... But i don't care, ok?  Eh, eh, eh!


Eat me... xiiii!

Bad Teacher
Professora Baldas

Realização: Jake Kasdan
Com: Cameron Diaz, Lucy Punch, Jason Segel, Justin Timberlake...

Sinopse: "Depois de ser abandonada pelo seu noivo pouco antes do casamento, a professora Elizabeth Halsey (Cameron Diaz) está decidida a arranjar um novo substituto que sustente os seus caprichos e lhe possibilite deixar de fazer o que mais abomina na vida: dar aulas.
E é então que conhece Scott Delacorte (Justin Timberlake), um professor do liceu onde lecciona que, para além de solteiro, simpático e bem-parecido, aparenta ter dinheiro suficiente para satisfazer os desejos de qualquer mulher.
Porém, alheio aos planos de Elizabeth, Scott apaixona-se por Amy (Lucy Punch), uma colega de ambos cuja personalidade é a antítese de Elizabeth."

Trailer:

(Ora bem, o meu carro também precisa duma certa lavagem...)




Something Borrowed
Empresta-me o Teu Namorado

Realização: Luke Greenfield
Com: Ginnifer Goodwin, Kate Hudson, Colin Egglesfield, John Krasinski

Sinopse: "Rachel (Ginnifer Goodwin) é uma talentosa advogada, generosa e amiga leal e, infelizmente, ainda solteira.
Mas na festa do seu trigésimo aniversário, depois de alguns copos, Rachel inesperadamente acaba na cama com um homem, Dex (Colin Egglesfield), por quem sentia um fraquinho desde os tempos da faculdade, que, por sinal, é o noivo da sua melhor amiga Darcy (Kate Hudson).
Quando a longa amizade de Rachel e Darcy colide com amor verdadeiro, leva a complicações inesperadas e revelações românticas potencialmente explosivas."

Trailer:


É uma dose muito forte estas duas estreias de cinema... a Ginni e a Diaz... God damn!!!

Ahhh... e para não parecer tão mal, também estreiam:

Essential Killing - Matar para Viver;
Durante o Fim;
Beastly - O Feitiço do Amor


Sinopses e trailers via BestCine

Ideias... Heritage Tiles with a Tale (by Boca do Lobo)

Da equipa criativa/design Boca do Lobo, surge este magnifico projecto (entre tantos excepcionais):

Heritage Tiles with a Tale




Sem dúvida, uma ideia invulgar para um roupeiro/armário, que bem ficará até em exteriores.
Este conceito do uso artístico da azulejaria nacional, o detalhe de fechar sem se notar é... é tudo muito bom gosto, apuro de design e um curioso disfarce perfeito.
Brilhante!


Fonte: Hummmm... I see