segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

E os Oscars foram para... (ooh não... também aqui!? E com tantas fotos?! Blrrr)


Bem, qualquer cinéfilo acompanha sempre o que se passa em termos de premiações da cerimónia de entrega de prémios da Academia, a "84th Academy Awards" (por outras palavras os Óscares 2012), aconteceram nesta passada madrugada. É a noite que faz com que muita gente durma menos umas horitas e deste lado ainda fiz por resistir mas cedi já perto da recta final. Também não perdi nada irrecuperável...

A parte fashion logo ao inicio vi algumas partes... É o ritual da passadeira vermelha que serve para ir despertando as atenções nos visuais dos actores e sobretudo das actrizes, que têem a ingrata tarefa de ir melhor que todas as outras e depois nem sempre isso acontece. Mas há sempre algumas que se destacam...

 Jessica Chastain, Cameron Diaz, Gwineth Paltrow... 3 bons exemplos fashion.
Também passou a Anjelina Jolie mas o crescente ódio por esse horrível espécimen esquelético... impede-me de dizer bem dela e de colocar aqui uma mísera foto. Nunca se sabe mas pode-me avariar o blog...

Cerimónia arranca...
Muita coisa porreira ainda vi, o inicio engraçado do regressado Billy Cristal (a 9ª vez a apresentar a cerimónia da Academia). Esteve bem e sempre deu provas seguras. Contudo, numa industria de showbiz e representação, notar que não há outras hipóteses para mestre de cerimónias é estranho. Isto até me leva a mais uma vez lembrar isto: Quando é que a Academia abre os olhos e convida o Jim Carey, carago?


Continuando... as apresentações castiças de Ben Stiller com Emma Stone, de Robert Downey Jr. com Gwyneth Paltrow, de Will Ferrel com Zack Galifianakis., o núemro esclusivo do Cirque Du Soleil.. e é claro, da sempre deslumbrante Cameron Diaz (ahh... sim, vinha acompanhada da Jennifer Lopez... but who cares?)




Bom... toca lá a ver a listagem dos premiados.

Mentalmente nalgumas categorias tinha imaginado certeiramente actor/filme/actriz/actriz secundária/argumento e apenas falhei no realizador - mas dizer isto depois já não vale nada... tal como os Oscars... vale o que vale.

E os Oscars foram para:




The Artist / O Artista
Melhor filme 
Melhor realizador: Michel Hazanavicius
Melhor actor: Jean Dujardin
Melhor orquestração
Melhor guarda-roupa


Hugo / A Invenção de Hugo
Melhor fotografia
Melhor direcção artística
Melhor sonoplastia
Melhores efeitos visuais
Melhores efeitos sonoros


The Iron Lady / A Dama de Ferro
Melhor actriz: Meryl Streep
Melhor caracterização 


Melhor actriz secundária: Octavia Spencer (The Help / As Serviçais)


Melhor actor secundário: Christopher Plummer (Beginners / Assim É o Amor)


Melhor argumento original: Woody Allen (Midnight In Paris / Meia-Noite em Paris)


Melhor filme estrangeiro: A Separation / Uma Separação (de Asghar Farhadi - Irão)



Melhor filme de animação: Rango
Melhor argumento adaptado: Alexander Payne, Nat Faxon, Jim Rash (Os Descendentes)
Melhor montagem: Millennium 1 - Os Homens Que Odeiam As Mulheres
Melhor documentário: Undefeated
Melhor documentário em curta-metragem: Saving Face
Melhor curta-metragem: The Shore
Melhor curta-metragem de animação: The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore
Melhor canção original: "Man or Muppet", Bret McKenzie (The Muppets / Os Marretas)


Algumas apreciações...

Oscars que foram bem merecidos:
Melhor actor + Melhor filme + Argumento Original + Banda-sonora + Actriz secundária + Efeitos Visuais
Aqui tudo Ok!

- Oscars que discordo:
Melhor Realizador...
acho que foi excessivo o prémio para o francês Michel Hazanavicious. Para mim, Martin Scorcese era muito mais merecedor, dada a complexidade e carinho do filme que ergueu, com trabalho redobrado ao adoptar o 3D - aqui "Hugo" foi roubado - e não deixa de ser irónico ao ser por "The Artist" cujo filme contém uma literal alusão aos estreantes vs antigos - e aqui isso sucedeu-se também na vida real.)
Melhor Canção Original...
A canção dos Marretas é fixe mas a do "Rio" é muito mais contagiante e pessoalmente gosto mais. O mesmo acrescento de a animação "Rango" ter ganho, que apesar de ser fixe e tal... acho que "Rio" é que merecia (é para mim a animação do ano 2011) e o facto de nem ter sido nomeada para consideração dos votantes pois pode se considerar que "Rio" foi roubado descaradamente.

- Os outros premiados... nada a dizer.
O filme de Fincher (Millenium 1 - remake) foi premiado pela montagem, ou seja, The Girl With The Dragon Tattoo foi a melhor montada (pelos vistos, as imagens do filme devem ter influenciado... uuhh... iaikes...)
Não vi "A Separation" apesar de já estar no radar há algum tempo, não vi "The Iron Lady", nem o "Os Descendentes" e nem o "Beginners". Fica para um dia que aconteça um alinhamento dos astros, coisa e tal a estes títulos que até me despertam curiosidade.

Mais nada.
Para o ano há mais...
Ahhh... esperem lá.

Antes da cerimónia começar, houve merda! Quase esquecia aquilo nem vi na TVI (porque não passou) mas que na net se sabe de tudo.
Fica o video do maluco do Sacha Cohen, que fez das dele na passadeira vermelha e o mandaram embora, é claro! Também... este attention whore vai como Ditador e despeja cinzas na passadeira sobre um apresentador... opá, estava mesmo a pedir! Os seguranças levaram-no embora este tolo.
Só isto!
That's it!



The Joker... a lembrar-me que fiz um post em modo jornalístico e nem era esse o objectivo.
Era para ser cartão vermelho mas... o FCPorto está na frente e não me quis roubar este momento de alegria...eheheh! 

(dados das premiações e maioria das fotos: Blitz)

4 comentários:

O Narrador Subjectivo disse...

Jim Carrey a anfitrião era uma grande ideia! Mesmo assim, gostei do Billy Crystal, foi sinceramente a melhor cerimónia que vi nos últimos anos.

ArmPauloFer disse...

Obrigado Narrador! O Jim carey, nem sei como ainda não refletiram nisso. Se o Hugh Jackman conseguiu (uma grande entrada pelo menos), o Carey ia dar show toda a cerimónia!

Concordo contigo, foi bem melhor que as dos anos passados (pelo menos melhores que as duplas de anfitriões).

Bruno Cunha disse...

Eu gostei deste apresentador mas Jim Carrey era, de facto, uma boa escolha.

Abraço
Frank and Hall's Stuff

ArmPauloFer disse...

O Billy Cristal deu sempre boas apresentações destas cerimónias... mas é como penso, o Jim Carey tem tudo para dar um novo nível aos Oscars. Se tem!