sábado, 28 de abril de 2012

The Dark Knight ou Avengers: as melhores adaptações de super-heróis em cinema?


O ano de 2012, assinala em termos de adaptações da BD para cinema, dois marcos de grande relevo a todos os comic geeks: por um lado há o tão esperado "The Avengers" (Marvel) e do outro há "The Dark Knight Rises" (DC Comics), que é a conclusão da trilogia do Batman.

Christopher Nolan, com os seus dois Batman (Begins e TDK), subiu a fasquia dos filmes sobre super-heróis a níveis nunca alcançados antes. Entretanto a Marvel, decidiu-se a fazer as coisas de outra maneira, de estabelecer não uma mas várias personagens de forma faseada e com uma timeline de eventos interligados, culminando no The Avengers.
Quando em 2008, o mundo viu "Iron Man 1" e o "The Dark Knight", ambos tremendamente bem sucedidos (o Batman com muita distancia e até bateu recordes) mas também ambos apresentavam-se muito opostos na forma se serem adaptações de BD.
Se "Iron Man" era um filme de cariz positivo, vibrante em cores, com muito humor, acção divertida e também não menos importante, fazia a glorificação do herói;
Já o TDK era em quase tudo o oposto de tudo isso: é um filme de entretenimento mais cerebral, provoca o suspense e o temor, mais dramático e sério, servia-se de humor muito negro, mantinha-se um filme escuro e acentuadamente fazia a glorificação do vilão (o Joker, em detrimento do herói, que até termina como um criminoso...).


Estamos portanto, no auge de dois tipos de abordagens, distintas e que tratam as BDs de superheroes com duas facetas bem diferentes.

Epá, não se podem comparar sequer por serem realmente incomparáveis, mas contudo há para mim, imensas ilações que se podem retirar de cada um sobre as diferenças de valor nas adaptações da BD a live-act.

Entre "Avengers" e a saga de Batman versão Nolan, significam-me muito neste termos:
- The Avengers: representa a verdadeira BD (da Marvel), aquela que encontrava mensalmente, com todo o frenesim, cores, imaginação, fantasia, humor, diversão, seriedade e tudo o que nos faz sonhar; - winner!
- a versão Nolan dos Batman: representa aquele tipo de edição especial, como uma aventura solta no imaginário da DC Comics; tal como se fosse uma graphic novel de autor e exclusiva daquele momento; uma variante com mais valor artístico que a normal produção mas que propriamente também se afigura como desviante; - winner too!



E agora?

Não descarto nenhuma das duas... mas concluo também o seguinte:
- o estilo Avengers, é o mais recompensador em termos de entretenimento (que se gosta de desvalorizar) mas também o mais desprezado por certas classes cinéfilas; as BDs da Marvel/DC devem ser tratadas com respeito total e, paradoxalmente, foi isso que a Marvel conseguiu fazer - dignificou cada personagem, salvaguardando não só interesses comerciais mas também sabendo apelar a qualquer público;
O "The Avengers" é um blockbuster para todos! De uma forma caricata, evoluiu tudo aquilo que era a matriz do "Superman - the movie", que nos fez sonhar desde os anos 70.

- no estilo como resultou o The Dark Knight, ao colocar tudo num tom hiper-realístico, assumidamente negativo no tom (não foi á toa que se evocou ser o "Padrinho" dos superhero-movies), factos que já captam a atenção das audiências cinéfilas mais sérias. Mas faz isso ao precisamente trair e renegar os mundos de pura fantasia das BDs. E não deveria ser assim, pois basta pensar que nos Batman de Nolan, nunca poderia aparecer nos céus um Superman a voar (porque não encaixa sequer naquela construção de universo), logo está profundamente a lidar com algo já errado na sua arquitectura; digamos que tem um "imaginário construído" para ser moldável como um forte thriller, com acção mas acima de tudo de efeito dramático (no fundo, o herói e os vilões, podem ser vistos como "pessoas" da nossa realidade, que simplesmente se escondem numa outra aparência mais elaborada); este é um Batman para gente mais graúda (tal como as graphic novells o são habitualmente).
Olhando para trás, Nolan herdou imensas noções dos Batman de Tim Burton (toda a negritude da abordagem, o valorizar mais os vilões que o herói - influenciando desde aqui quase todos os superheroes-movies que chegaram ao cinema, contudo Burton não renegou a fantasia e o impossível), pelo que o Nolan conseguiu evoluir tudo isso e levando a ainda maiores consequências, produzindo um efeito de choque no género.


Muito honestamente, ambas as abordagens são válidas.

Ficou bem claro desde 2008, que o mundo teria de admitir que o The Dark Knight impôs uma nova ordem qualitativa aos superheroes movies. As noções do realismo, do tom dark, seriam o novo standard.
O Nolan fez um grande trabalho, isso é inquestionável. Preocupa-me é o que esse "novo standard" vai significar daqui em diante. E sublinhado por ele, há o factor "escalada".

Contudo, a Marvel com o "Avengers", deu uma nova prova de valor e qualidade, equilibrando a balança e conseguindo demonstrar que se pode fazer bem (e até melhor) sendo, acima de tudo, mais positivos. No fundo, abraçando a totalidade dos mundos da fantasia sem ser imberbe ou patético. É mais nesta maneira de estar que vejo ser a nova vitória da Marvel e o estilo que mais aprecio e sabor dá.

Talvez tenha provado à DC Comics que a Marvel tem um melhor lote de personagens, das mais versáteis (por não serem tão perfeitas tal como os seres humanos) e arriscou melhores soluções audiovisuais para o seu catálogo. Os da DC Comics nunca o permitiram, sendo o grande handycap, o facto de serem exemplos máximos de perfeição e conduta... e por isso sucessivamente falham (excepto um deles, um caso bem prolifero e versátil: o Batman!)

Mas isto sou eu a achar e a dizer...

8 comentários:

Beste disse...

Respondendo ao título. Nem um, nem outro. Pessoalmente, considero o Watchmen bastante superior em todos os aspetos. Mas gostos são gostos, nada mais que isso. :p

CINE31 disse...

Bela reflexão, precisamente num ponto ignorado pela maioria da critica. Apesar de diferentes, gosto dos dois filmes, mas o Avengers é uma recompensa maior para os fãs de Banda desenhada :D

Loot disse...

Gostei da relação entre os filmes e a BD, quando dizes que o Batman faz mais lembrar as graphic novels. E realmente o morcego já teve várias abordagens a ele.

Penso que é um bocado por aí, até porque eu consigo ver perfeitamente o Batman como um herói isolado na DC também. Há muitas histórias do Batman que mesmo contendo elementos irrealistas, nunca enveredam por caminhos de fantasia (super poderes), ou seja, também nessas BD's seria estranho ver surgir o Superman a voar.

Tanto nos filmes como na BD, não me faz confusão nenhuma ter o Batman "separado" disso.

Quanto aos filmes são os melhores no seu género e por isso os evocas. Os Avengers é provavelmente a melhor adaptação da Marvel e é a pura diversão e cor da BD em cinema. Porque eu também valorizo a diversão que muitos tendem a por em segundo plano.

O Batman é o melhor noutro registo, um mais frio e cerebral (melhor desta nova vaga, os Batman de Burton serão sempre do melhor).

Prefira-se um ou outro, penso que uma coisa é garantida, venham mais como estes dois. Há espaço para os dois mundos :)

ArmPauloFer disse...

@ Beste: o Watchmen já nasceu assim e nunca teve vairantes. É uma só história e a ser adaptada teria de ser a seguir tudo o que lá está... e digo que só há uma versão que chega lá próximo: a Collectors Edition, que além de ser maior que a versão cinema (com imensas cenas que faltavam e se encontram na Directors Cut), contém ainda a história paralela que está na BD e que muito ajuda na construção deste "conto". No fundo Watchmen é literatura em quadrados. Como filme, é muito bom mas torna-se pesado também... e não encaixa bem como entretenimento e depois, apesar de visualmente impecável (a BD foi usada como storyboard), pouco inova além da BD (ok o final é algo diferente).

ArmPauloFer disse...

@ David e Gabriel: é claro que concordo plenamente com as vossas opiniões. Estamos em sintonia de apreciação destas possíveis abordagens.
Acabou por sair assim uma reflexão um pouco maior do que esperava mas era uma assunto que já me havia passado pela cabeça a questão das abordagens.
Para mim, sem dúvida que o Avengers é uma recompensa das grandes mesmo.
Difere imenso das possibilidades do Batman, que se torna uma personagem rica e extremamente popular por ser das poucas que permite e consegue sobreviver a qualquer tipo de abordagem e continuar a fazer sentido. O Batman é a projecção de qualquer um de nós tal como humanamente somos... foi assim que o Bob Kane o criou (projectou-se na sua criação, criando uma super-personagem que estará sempre no "fio-da-navalha").
As personagens da Marvel, especialmente estas dos Avengers, mereciam dispor de todo o forte imaginário que possuem, tal como ele é. E é isso que tem resultado tão bem... percebermos que as nuances derivativas que ainda apresentam, estarem aqui ao serviço deles (e dos filmes) sem as deturpar.
A verdade é que, de género menor do cinema, é actualmente na actualidade um dos mais proliferos. E estas duas sagas, entre outras, deram imensa credibilidade ao género. Venham mais assim!

Obrigado a todos pela participação. :-)

Fábio disse...

Na minha opinião THE DARK KNIGHT é um filme infinitamente melhor que OS VINGANDORES, em questão de interpretações, roteiro, fotografia e outras coisas... Pois na maior parte do filme dos VINGADORES, até parece um show de stand-up de tantas piadas! Juntamente com THE DARK KNIGHT um dos melhores filmes de super-heróis de todos os tempos é WATCHMEN, simplesmente magnífico! Principalmente a versão estendida de 3 horas de duração...
Bem vou fazer um top 10, dos melhores filmes de super-heróis que já vi...

1° - O CAVALEIRO DAS TREVAS
2° - WATCHMEN
3° - BATMAN BEGINS
4° - X-MEN 2
5° - OS VINGADORES
6° - HOMEM-ARANHA 2
7° - X-MEN: PRIMEIRA CLASSE
8° - SUPERMAN (1978)
9° - HOMEM DE FERRO
10° - HOMEM ARANHA

Sei que muitos vão me criticar por colocar OS VINGADORES, na 5° posição, mais para mim, o filme foi apenas bom.

Fábio disse...

Na minha opinião O CAVALEIRO DAS TREVAS é um filme infinitamente melhor que OS VINGADORES, em questão de roteiro, interpretações, fotografia e outros mais. Quase todo o filme do conjunto de heróis da Marvel, os heróis fazem piadinhas, e até parece um show de stand-up. Outro filme infinitamente melhor que OS VINGADORES, é WATCHMEN, uma das melhores adaptações de quadrinhos que já vi, simplesmente magnífico em tudo, principalmente na versão estendida de 3 horas!
Resolvi fazer um top 5 dos melhores filmes de super-heróis que já vi...

1°- O CAVALEIRO DAS TREVAS
2°- WATCHMEN
3°- BATMAN BEGINS
4°- X-MEN 2
5°- OS VINGADORES

ArmPauloFer disse...

Está aí um bom top, bastante pessoal, mas muito interessante.
Cada qual tem a sua perspectiva sobre as adaptações dos superheróis da BD a cinema. Há muitas possibilidades... contudo, eu ainda assim gostava de ter visto o Nolan a lidar com outra personagem diferente do Batman, e o ver lidar com um ser onde as realidades de fantasia e impossibilidades não se podem descartar de forma alguma.
Era interessante...