sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Series TV: a promo da FOX por Fringe passar para as Sextas

A irónica promo da FOX por Fringe passar para as Sextas, que representa o prenúncio de morte de muitas das séries que lhe mudam para este dia.

“Don’t belong here”… demais mesmo esta corrosiva promo.
Esperemos mesmo assim que o optimismo de Fringe se confirme mas ver uma das melhores séries do momento (das que sigo… ou tento manter-me a par) colocada á Sexta é duro. Smallville também está à Sexta e tem se safado.

Fringe também vai!
Usando a deixa do último filme de X-Files: “I want to belive!



A 3ª temporada de Fringe tem estado imparável e num nível de intensidade nunca visto assim na série.
A primeira parte da 3ªtemporada (9 episódios - regressa em Janeiro 2011) tem sido fenomenal mas principalmente até ao episódio 8 é mesmo impossível de parar de ver pois tem sido frenética (dá vantagem ter vários episódios e vê-los seguidos).

Sem pretender revelar o essencial, as constantes alternâncias entre os dois universos paralelos e com isso passamos a conhecer muito melhor o outro lado (que é mais cool em muitas coisas) e mais importante ainda, as versões alternativas das personagens, e em especial o caso de Olivia presa no lado de lá (que evidencia a sua natureza de "especial" e ajuda a resolver os casos com mestria, captando a empatia pela Fringe Division alternativa) e o da Olivia alternativa infiltrada no lado de cá (manipulando as investigações enquanto espalha as pistas para a reunião das peças da máquina para Peter - cada vez mais envolvido no assunto). Um ponto positivo foi voltar a contar com a personagem Charlie (alternativa) mas é Broyles e o outro colega quem acentuam a empatia pelo "other side".


Grande série e a actriz Anna Torv (Olivia) tem prestado performances (duplas) espantosas... nem sei como os Globos de Ouro 2010 conseguiram ignorá-la (uma enorme injustiça para o sci-fi).

2 comentários:

Ricardo Vieira disse...

VAmos a ver se esta promo ainda não vai calhar mal á Fox... Mas olha que esta pressão toda da hipotética hipótese de cancelamento tem feito bem aos envolvidos. A série tem exibido episódios de alta qualidade!
A Anna Torv tem estado bem. Existem muitos que dizem que ela não tem expressão nenhuma. Coisa que não percebo...

ArmPauloFer disse...

Realmente ela, Anna Torv, a inicio parecia sempre igual em todos os momentos, quer dramáticos, de acção ou mais bem dispostos. Mas evoluiu e na segunda temporada notou-se muito empenho e agora perante semelhante difícil tarefa de fazer duas personagens variantes da mesma pessoa, tem calado as vozes que se ergueram contra ela. É uma grande actriz!

A série tem sido fabulosa nesta 3ª temporada. E esperemos que se aguente pois as séries sci-fi estão a ir à vida (já canceladas: Caprica... Stargate Universe...)
O sci-fi televisivo, principalmente o espacial, está condenado.