terça-feira, 29 de março de 2011

Como os nossos politicos desviam o dinheiro público... enfim!

Como os nossos politicos desviam o dinheiro público...

Um só exemplo, que nos é dado a conhecer pelo blog "Os velhotes dos Marretas":

"Folha salarial (da responsabilidade da Câmara Municipal) dos administradores e de outros figurões, da Fundação Cidade de Guimarães, criada para a Capital da Cultura 2012:


- Cristina Azevedo - Presidente do Conselho de Administração:
14.300 EUR mensais + Carro + Telemóvel + 500 EUR por reunião
- Carla Morais - Administradora Executiva:
12.500 EUR mensais + Carro + Telemóvel + 300 EUR por reunião
- João B. Serra - Administrador Executivo
12.500 EUR mensais + Carro + Telemóvel + 300 EUR por reunião
- Manuel Alves Monteiro - Vogal Executivo
2.000 EUR mensais + 300 EUR por reunião


Todos os 15 componentes do Conselho Geral, de entre os quais se destacam Jorge Sampaio, Adriano Moreira, Diogo Freitas do Amaral e Eduardo Lourenço, recebem 300 EUR por reunião, à excepção do
Presidente (Jorge Sampaio) que recebe 500 EUR.


Em resumo: 1,3 milhões de Euros por ano, em salários. Como a Fundação vai manter-se em funções até finais de 2015, as despesas com pessoal deverão ser de quase 8 milhões de Euros. Com administradores a ganhar mais do que o Presidente da República e o Primeiro Ministro, à custa de dinheiros públicos!"


Os socialistas no seu melhor!
É por isso que o Sócrates estava sempre a dizer:
"Porreiro, pá!"

Pois é... e este é o "cenário" de uma só instituição! Agora imaginemos a restante quantidade de "destinos garantidos" que os governos PS e PSD vão criando de cada vez que lá estão (eles quando abandonam os cargos gostam de ter bem garantido para onde vão a seguir, claro!). É fundações, instituições, Associações, empresas e muitos outros destinos, garantem as vidas deles todos.

Olhem só o belo exemplo do Sampaio hã, um ex-presidente da républica a ser como os outros... e do Freitas do Amaral já não me admira, pois esse tacho é só para acumular aos que já acumulava por aí. É só tachos para eles todos!

Para que tudo isto, fique garantido durante anos (leia-se a encherem os bolsos à grande)... aumentam-se os impostos ao "povo português" que vive de parcos salários!
Crise? Para alguns não existe...

3 comentários:

CINE31 disse...

Crise? Qual crise? :-(

ArmPauloFer disse...

Não sabem o que é isso... está tudo "porreiro, pá"!

Anónimo disse...

se os politicos deixa sem de comprar carros de luxu casas dentro e fora do paiz portugal nao estaria em crise e se o estado obriga se a pagar as garndes empresas todos os anos k fugiram ao fisco em vez de andarem a amentar o iva assim iriamos a algum lado eu serei um dos jovens k se ira embora de portugal e nao voltarei ca para nada dentro de 10 anos portugal estara pior k a etiopia os ministros deveriam ter vergonha terem carros de valor superior aos 50 mil euros e casas ate ao 1 milhão ja nao ido mais lonje nem mensionando nomes todos sao ladrões mas chegara o dia k o povo se revele contra o estado e depois vamos ver ate k ponto terao protecçao pork cada dia que passa masi familias dormem na rua e com a crise o nuvel de criminalidade subiu apezar de o governo escoonder os ladrões sao mais estudados que os policias