sábado, 5 de março de 2011

Splice, O Exorcismo, The Tempest, How Do You Know, Shi, Rango e Yogi Bear... desde 03Mar'11 nas nossas salas

Mais uma semana com um monte de estreias nas nossas salas.


Splice – Mutante
Splice (2009)
Realizador: Vincenzo Natali
Com: Adrien Brody, Sarah Polley, Delphine Chanéac...



O Exorcismo
La posesión de Emma Evans (2010)
Realizador: Manuel Carballo
Com: Tommy Bastow, Doug Bradley, Stephen Billington...



A Tempestade
The Tempest (2010)
Realizador: Julie Taymor
Com: Helen Mirren, Felicity Jones, Djimon Hounsou



Tens a Certeza?
How Do You Know (2010)
Realizador: James L. Brooks
Com: Reese Witherspoon, Paul Rudd, Owen Wilson...



Poesia
Shi (2010)
Realizador: Chang-dong Lee
Com: Jeong-hie Yun, Nae-sang Ahn, Da-wit Lee



Rango
Rango (2011)
Realizador: Gore Verbinski
Elenco (vozes): Johnny Depp, Isla Fisher, Timothy Olyphant...



Zé Colmeia
Yogi Bear (2010)
Realizador: Eric Brevig
Com: Dan Aykroyd, Justin Timberlake, Anna Faris

3 comentários:

Bruno Cunha disse...

Já vi o Splice.

Abraço
Frank and Hall's Stuff

João Sousa disse...

Mutante: talvez seja divertido.

O Exorcismo: esta semana, é aquele do qual espero mais. O cinema espanhol de fantástico tem uma enorme vitalidade. Além do mais, está ali mr. Doug Bradley, Pinhead himself.

Tens a Certeza?: eu tenho a certeza de que não quero ver mais esta comédia romântica xaroposa. Só de pensar que este é o realizador do magnífico As Good As It Gets...

Zé Colmeia: vou fugir.

--

Ainda sobre o Yogi Bear. Um brincalhão extremamente talentoso fez esta paródia, criando um final alternativo semelhante ao... é ver, é ver:

Yogi Bear Parody

Por este, talvez eu pagasse o bilhete.

ArmPauloFer disse...

@ Bruno: O Splice é razoável.

@ João Sousa: Os filmes americanos nos dias de hoje e no geral, são produtos industriais. Fórmulas autênticas (daí a facilmente detectarmos os clichés neles presentes), que imagino até eles terem "templates" de execução para os tarefeiros encaixarem os actores. Os filmes levezinhos e pipocas baseiam-se nisso. Servem para entreter sobretudo. Muitos deles vêem-se apenas... e esquecem-se de imediato.

O Yogi Bear... não tem jeitinho nenhum mesmo. Não me encanta absolutamente nadinha. Mas adorei o link. Muito bom e sugestivo como paródia ao "The Assassination of Jesse James by the coward...".