quarta-feira, 11 de abril de 2012

Dorothy Counts... a foto da primeira negra numa escola de "brancos"

"Dorothy Counts foi a primeira estudante negra admitida numa escola pública americana (de brancos). A fotografia retrata seu primeiro dia de aula na Universidade de Harry Harding, na Carolina do Norte (EUA), em 1957.


Esta imagem foi colorida apartir da imagem antiga a preto-e-branco,
mas o melhor é a história que a foto carrega.


O vestido de Dorothy foi feito por sua avó especialmente para seu primeiro dia de aula. Cuspiram nele.
Centenas de alunos seguiram e acompanharam sua chegada à escola. De vez em quando alguns jogavam coisas em sua direção enquanto outros faziam gestos obscenos. Os estudantes gritam para ela voltar para casa. Dorothy foi em frente sem reagir.


Este absurdo momento de violência prosseguiu nos dias seguintes. Foram 4 dias de perseguições e insultos. Jogavam lixo durante a sua refeição e seu armário era saqueado. Depois surgiram ameaças telefônicas agravando ainda mais a situação. Por fim, os seus pais consideraram que a sua vida poderia estar em risco e optaram por tirá-la da escola.
Pode parecer pouco mas os quatro dias em que Dorothy tentou frequentar a Harry Harding High School foi de grande importância para o Movimento dos Direitos Civis e fim da segregação racial nos Estados Unidos.
O preconceito torna o cérebro ignorante e as pessoas cegas." texto e foto de Zona Universitária (Facebook)


Revoltante tudo o que fizeram a esta moça e em simultâneo comovente por ela ter tido sempre a coragem de se abstrair do que a rodeava, de saber seguir em frente... foram 4 dias intensos e tudo isto por apenas ser negra e ter ido para uma escola pública. .

A Sra. Dorothy com uma antiga "colega" de turma, 50 anos depois, quando lhe pediu desculpa pelo trato que lhe deram na altura.
Bonito. Ver mais aqui.

Recentemente numa entrevista, onde se procurou saber mais sobre esta senhora.
Saber mais aqui.


Isto foi em 4 de Fevereiro de 1957 e apesar de a sociedade ter evoluído muito, o preconceito ainda é assinalável.
A humanidade tem muito para aprender ainda.

2 comentários:

O Narrador Subjectivo disse...

Óptimo artigo, não conhecia este pedaço de História.

ArmPauloFer disse...

Também era desconhecedor desta situação mas ao a descobrir não pude passar ao lado e republico-a pois merece ser partilhada. É tocante.