domingo, 8 de junho de 2008

Sobre o novo modelo Bravia W4000 da Sony

A semana passada fui ver o tão esperado novo modelo LCD da Sony da série W4000.



Adorei o aspecto da televisão, e toda a qualidade do produto mas fiquei desapontado num só pormenor (* mais à frente explico melhor).

O modelo é o 46W4000 e tudo nele é impecável:
cores excelentes, contraste muito bom, muitos detalhes nas zonas negras e escuras, tons de pele muito reais, o processamento digital da imagem na definição standard é muito adequado, a imagem HD (via Blu-Ray) é impressionante e de fazer querer que tudo fosse HD… um sonho.

E o preço deste LCD de grandinhas dimensões é muito adequado para tudo o que tecnológicamente nos oferece.
Novo BBE 2, contraste elevado e dinâmico (33.000:1), painel full-HD de 1080p, 3x HDMI, e de entre tantas boas características uma novidade interessante, o modo PhotoTV HD que transforma este LCD numa surpreendente moldura fotográfica independente, que apresenta fotografias digitais com qualidade HD total. E o comando é bem bonitinho e simples...

Sobre as 3 ligações HDMI...
Nos dias de hoje menos de 3 ligações é o mesmo que não ter nada. Se não como pode ser possível ligarmos tudo no futuro? A ZON box ou Meo, um leitor de Blu-ray/PS3, o kit de som multi-canal e mais periféricos como um Apple TV por exemplo...

Tudo perfeito... excepto um detalhe de pormenor*: não tem 100hz. Que vergonha!

Parece que a tecnologia anda para trás estes dias.
Tantos anos de televisões sem problemas de fluidez de movimentos e agora para se comprar um LCD de jeito tem de se estar encima destes detalhes todos...

Pensei que o os novos Bravia resolvessem esse problema de vez. Para ver se o novo sistema de processamento de imagem da SONY, o BBE versão 2, funcionava sobre esse aspecto pedi ao funcionário da Radio Popular para por um filme e especialmente depois no momento dos creditos finais, para ver a fluidez das letras. Desilusão, as letras andam pelo ecrãn aos saltos… quando deveriam subir como se deslizassem… eu acho que as marcas não deveriam lançar qualquer LCD que seja, que tenha este problema.

Fiz uma pesquisa no site americano da Sony e eles têm por lá esse modelo mas mais avançado já: 46W4100 com a principal diferença de a Sony ter desenvolvido um novo método de fluidez dos movimentos (motion flow) a funcionar a 120hz… espéctáculo!
A Sony deve pensar que nós, os europeus, temos de comer qualquer merda e os americanos merecem mais cuidados…

É que parece que nos dias de hoje a televisão está a andar para trás: a maioria dos LCDs sofre de problemas de contraste, de excesso de processamento de imagem, de arrastos, pouca fluidez de movimentos, cores vergonhosas, etc.
Longe vai o tempo em que compravamos um televisão (CRT) e não havia problemas nenhuns do género. Cores boas, contrastes excelentes, etc, etc...

Ahh… realmente sou um adorador das Sony Bravia!

3 comentários:

ÿpslon disse...

Quanto mais velha for uma televisão, melhor! Não me rendo a LCDs nem a Plasmas, são uma vergonha!

Anónimo disse...

Paulo, eu gostava de saber a diferença entre os modelos 40X e 40W. Fiz algumas pesquisas, mas não consegui apurar nada. Grato!

ArmPauloFerreira disse...

@ Anónimo: Penso que se refereaos novos modelos de ambas as séries X4500 e W4500.
A série X é de gama alta e a W um pouco inferior. As diferenças são o design, o contraste muito elevado na série X e principalmente os movimentos mais bem fluidos na série X.
Ressalvo que para mim a W4500 tem como principal característica em relação à W4000 por ter finalmente o MotionFlow 100Hz. O modelo X4500 tem um MotionFlow Pro 100hz que deve ser ainda melhor...
É muito aborrecido ver as imagens "pularem" ou se tornarem desfocadas...