terça-feira, 6 de dezembro de 2011

TDT em 2012... o dilema!

TDT em Portugal... o dilema:
Como poder continuar a ver televisão em 2012?
Uma breve reflexão...

"A partir de Janeiro, se não tiver TDT não vê televisão."

Aliemos esta ideia da mensagem e sinceramente, a TDT chegou a Portugal sem qualquer vantagem. Os canais de televisão não melhoraram em nada e continuam em 4:3. Que vergonha... tinha sido esta a oportunidade de passarem definitivamente a 16:9 na via digital. Exige-se ao cidadão que se adapte à evolução mas as estações de televisão continuam sem obrigações de evoluirem. Tudo tão triste...

Depois, em casa, requer que se tenha de ter uma aparelho em todas as televisões não capazes (as não modernas). Significa que em lares onde a tecnologia ainda se mantém analógica, serão precisos vários aparelhos, normalmente um minimo de 3 para os costumes portugueses, ou seja a cozinha, a sala e quarto. Há televisões em mais divisões? Ora bem, se há os restantes quartos ou outras divisões têm de ter mais aparelhinhos... ou então toca a comprar televisões novas (parece que nem estamos a viver uma crise).
Fica tudo isto um balúrdio e no fim não se ganhou nada. Essa é que é a verdade.

Imaginemos que se ultrapassa o simples facto de como ver televisão em 2012, sem ter um serviço de uma das operadoras.
Resta como ter net...

Ter hoje em dia um serviço de apenas internet... também nem é possível. Se não for o serviço 3G (com a pen), que oferece menos vantagens e menos velocidades/trafego pelo preço exorbitante que exigem não há soluções reais. Por ADSL, requer telefone fixo... e passamos logo a algo que ronda os 25€ mensais.
Aqui o cidadão pensa... pago 25€ pela net mas sem a televisão.

Se o serviço Sapo, em vez do serviço musical (para quê?), oferecesse os 4 canais livres... voltávamos ao problema inicial, que seria ter de ter uma box para converter o ADSL em IPTV, o que exigiria uma box com aluguer. Uma box para ver numa única televisão... ficava sem ser resolvido como ver tv nas outras divisões da casa. A partir daqui temos de evoluir para um serviço triple-play da Meo ou ZON, seja Fibra ou não. Nesta altura os valores disparam novamente.


Entre Zon e Meo, a ZON por ser cabo apresenta a vantagem de ter canais pela simpliciade da ligação coaxial, permitindo-os ver pela casa toda. A Meo, excluindo o serviço Fibra, não apresenta nenhuma solução simples que englobe todas as divisões da casa. E nem sequer preços...
A ZON para dar os 4 canais livres cobra-nos 9,90€... mas obrigando a ter o serviço de telefone fixo (é isso que se paga, o telefone). Ou então, uns mais dispendiosos 25€ (mas além do telefone, junta a net - proposta interessante mas só tem apenas os 4 canais livres).
Mas se a vontade for ter além dos 4 canais de cabo, aí já se avança para um pacote de serviço completo, de cada uma destas operadoras mas contemos com valores a rondar os 40€ mensais por serviço quase básico.


Sinceramente... fomos todos encostados á parede e colocados na posição de ter de pagar por algo básico que ronda os 40€ mensais para se ter televisão+net (e o telefone fixo por arrasto) e ainda ter de pagar por alugueres de boxs (que eleva a fasquia mensal).

É como se a TDT tivesse sido pensada para acima de tudo beneficiar os operadores de serviços... e isso é feio.
Elipticamente, voltamos ao ponto de partida para pensar numa solução que passe unicamente por ter antena e aparelhos TDT por televisão e ser ter qualquer vantagem com isso. (E sem net!)

Que triste país...


Saiba mais sobre a TDT no site da TDT em Portugal
Se tem algo a acrescentar sobre este assunto, ou discorda destas observações pessoais... esteja á vontade!

4 comentários:

Loot disse...

Eu vou ter de comprar um para não ficar sem tv, tenho andado a sondar os preços. Aconselhas algum? :P

Não tenho intenções de meter cabo ou meo. Fico só com os 4 canais e chega-me.
A única coisa que preciso é de net. Até me dá vontade de desistir da tv de vez.

Abraço

ArmPauloFer disse...

Também não sei qual aparelho escolher mas aprecio aqueles que têm uma porta USB (sempre dá para se dar uso para ver outros conteúdos... quando nenhum dos 4 canais dá algo interessante).
Dizem que os mais baratos não são muito bons e que podem vir a durar pouco tempo... não sei.

Ricardo Vieira disse...

Uma vergonha a TDT em Portugal! Uma vergonha. Podiam aumentar os canais ou, no mínimo, e como bem referes, mudar a imagem para 16:9. Mas não!

E depois existe tanto aproveitamento e tentativa de roubo, sim roubo, por parte de zon's e meo's e o crl. Já por 3 vezes que me tentaram enganar com a conversa que a partir de janeiro tenho que comprar uma antena específica e comprar uma box. Sinto-me revoltado por saber que vão existir muitas pessoas que estão menos informadas, a ser roubadas e enganadas.

De resto, apoio esta mudança porque traz melhor qualidade das transmissões. Eu antes não apanha bem o sinal analógico e agora com a TDT noto be,m a diferença. Mas pode ser ainda melhor quando mudarem para 16:9!

ArmPauloFer disse...

Nao sou nada contra esta evolução. Acho bem mas nao desejava que funcionasse como tenho visto a nível comercial... e depois foi uma oportunidade para as operadoras criarem uma forma de se massificarem ainda mais. E a passagem para digital bem que já devia ter tido em conta o 16:9