sábado, 5 de setembro de 2009

Música da semana: David Gilmour "Live In Gdansk"... um ano depois

O artigo musical desta edição é sobre David Gilmour (que foi vocalista, guitarrista e lider da já parada banda Pink Floyd) e poderá parecer repetido a quem já segue o blogue há muito tempo. Mas não é...
Volto novamente a falar do álbum ao vivo de David Gilmour:

"Live In Gdansk" (2008)
Já aqui foi abordado quase tudo o que havia a dizer sobre este álbum, que na verdade como registo musical ao vivo não tem assim nada de tão especial que nunca tivéssemos escutado. Além da apreciável execução live do álbum de estúdio "On An Island", com uma orquestra local, que é o único álbum que ele dá atenção (tocado na totalidade e até parece ter vergonha de tudo o que fez a solo antes deste), é rematado com muitas das boas canções dos Pink Floyd.


Porquê então, voltar a fazer uma review a este disco ao vivo e um ano depois?

Ora bem... por várias razões, que me fazem até ver este registo como um dos melhores exemplos do que deve ser um lançamento de música nos dias de hoje. E também porque já falei muito sobre ele mas pretendo com este artigo ser ainda mais especifico: a música.

Teria sido muito mais interessante se a passagem de David Gilmour pelo catálogo da sua banda de sempre, tivesse incidido pelas canções menos óbvias e menos populares, para acrescentar outra valia. Assim, voltar a ouvir os mesmo hits do costume, ou voltar a adicionar ao computador (por ex. o iTunes) mais uma enésima variação live de temas que já tínhamos do "Pulse" ou "Delicate Sound Of Thunder", "Is There Anybody Out There? The Wall Live", etc... não constitui nenhuma inovação. Torna-se agradável sim, para se saber como ainda as consegue executar mas funciona apenas como uma mera curiosidade.

Contudo, mesmo assim, ainda houve espaço para algumas surpresas. A vantagem de escrutinar esse catálogo surge quando Gilmour se resolve por algumas escolhas pouco óbvias, nomeadamente temas de álbuns menos badalados como o "Obscured By Clouds", "Meddle" ou "Atom Heart Mother". Aqui sim, a coisa já ficou super interessante e de apelo floydiano irrecusável. Foi pena Gilmour não ter ido ainda mais longe... e em quantidade.
É impressionante primeiro de tudo por ter o tema "Echoes", tocado genialmente na sua totalidade com os longos 25 minutos desta obra-prima dos Pink Floyd. Depois a boa surpresa de tocar o "Fat Old Sun" (sim é do do disco da vaquinha dos PF) e uma "Astronomy Domine" (do 1º álbum dos PF, o"Piper at...") muito mais bem tocada do que a versão do "Pulse".
"A Great Day For Freedom" e "High Hopes" beneficiam das pinceladas feitas pela orquestra, que as eleva por momentos.


Como até já por aqui havia informado, o "Live In Gdansk" foi lançado em várias versões: 2 discos (2x CD), 3 discos (2x CD + 1x DVD), 4 discos (2x CD + 2x DVD), edição em vinyl e por fim uma edição para coleccionadores (obtida apenas por encomenda) numa caixa especial com 5 discos (tem mais 1 CD), postais e outros luxos, pouco justificativos do valor exorbitante que era pedido.

A melhor edição foi desde sempre a de 4 discos (a que possuo), que além do registo em dois CDs da quase totalidade do concerto e do DVD com os melhores momentos em video, chegava acompanhado de mais um DVD algumas mais filmagens do concerto, actuações antigas, as AOL Sessions, jams, documentários, ensaios em Gdansk, conversas com os músicos, etc.

O mais importante é que este 4º disco contém também uma versão 5.1 do álbum de estúdio "On An Island" e até com DTS e tudo. É impressionante escutar o referido álbum em som surround e diga-se desde já que foi muito bem usada esta opção, que torna a escuta muito mais rica em detalhes. Por vezes coloca o ouvinte no centro da música, como se os músicos estivessem espalhados em nosso redor ou então sentimos um stereo "espacial" com foco no elemento principal a decorrer (por vezes é o saxofone tocado por Gilmour, ou a sua guitarra mas mais curioso é em "The Blue" o destaque vocal para o dueto com Richard Wright).

Mas há uma outra razão que deveria ser tornada standard por outros artistas e bandas: é que ao colocar o 3º disco, o DVD, ele contém um link para um acesso especial de bonus de ainda mais faixas musicais (a edição de vinyl também tem um acesso semelhante por um passe).


São actuações de outros locais da mesma digressão: Veneza, Glasgow, Manchester, Viena, Florença, Milão, Munique e ainda mais duas de Gdansk.

Valem bem a pena algumas delas, especialmente:
a maravilhosa versão de "Dominoes" (original de Syd Barret, ele que foi um fundador dos Pink Floyd, que por motivos de saúde saiu da banda e só gravou o 1º album -mas isso é uma outra história para outra altura por aqui), a surpresa que se tornou a "Wearing The Inside Out" (interpretada por Rick Wright), o tema à capella "Find The Cost Of Freedom", uma "On The Turning Away" que tem a curiosidade de faltar por algumas vezes a voz a Gilmour (admira-me a coragem de mesmo assim oferecerem mais este tema como bonus), uma versão da "The Blue" com mais ênfase nas teclas e com muito mais ambiência e por fim a mais valiosa e com uma insuspeita magia que é a "Wots ...Uh The Deal" que rivaliza e suplanta acusticamente a já enjoativa "Wish You Were Here" (uma prova cabal de que o "Obscured by Clouds" merece mesmo mais atenção).


Ao todo foram mais 13 faixas em mp3 de bonus, mensalmente de Setembro 2008 a Setembro 2009. Ao dia 1 lá estava uma nova faixa e essa acabou por ser a maior razão que me faz voltar a novo artigo sobre este registo ao vivo. É que com tudo o que "Live In Gdansk" contém (4 discos) mais um disco extra via net (13 faixas), fez com que todos os meses recorre-se a este disco. Durante um ano inteiro este foi o único disco que aqui nunca parou esquecido na estante dos CDs e DVDs. E como havia sempre mais um download todos os meses, tinha de usar o DVD para ter acesso... e lá acabava por dar mais uma vista de olhos no DVD do concerto.
Afinal se já estava metido na drive... uma nova espreitadela!

Assim, o conceito por trás deste álbum é exemplar: registo ao vivo em audio e video, muitos extras, versão multicanal 5.1 do de estúdio, um booklet mesmo com muitas fotos e informações e ainda o complemento mensal via web de ainda mais canções. Este álbum é exemplar!

Para terminar, o tema mais especial do álbum:
"Echoes" (Live In Gdansk -versão total)

2 comentários:

Anjo Medieval disse...

dai amigo, como faço pra achar esse DVD para baixar ???

um abraço !!! e parabens pelo bom gosto de musica.

ArmPauloFer disse...

Não sei mesmo... nunca procurei!
Mas insista nas buscas que bem pode aparecer.