terça-feira, 29 de junho de 2010

Portugal vs Espanha... a imprensa

Em dia de grande embate, que decide qual dos dois paises ibéricos continuará na prova, nada como dar uma espreitadela pela imprensa.

Não é de admirar que sejam os desportivos a fazerem as honras maiores. E novamente "A Bola" e o "Record" a fazerem, mais uma vez, belíssimas capas de incentivo.

(Uma nova versão do monumento... eh, eh, eh!)
(Ólé!!! Falta é saber quem vai ser toureado...)

Depois surgem alguns que mais discretamente trazem a selecção à primeira página.
O jornal de Negócios faz uma curiosa relação entre os dois paises, onde a politica e futebol se encontram em embate momentaneo. Inteligente!

O JN lembra a prova dos 9... hã... agora é a prova dos 7?
Está bem então!



O Primeiro de Janeiro consegue fazer uma horrivel capa de um jornal (não se percebe, pois tem sido norma até... feias, feias, feias...), contudo ninguém lhes pode negar o patriotismo exacerbado.

Do lado de lá é, principalmente, a imprensa desportiva é quem mais destaca este confronto e obviamente que é Cristiano Ronaldo quem centra as atenções todas. Afinal, é o maior astro do futebol em terras espanholas... e eles não só o respeitam como também o temem muito!

6 comentários:

Nasp disse...

Tás sempre em cima do acontecimento....

Novamente...a capa do Jornal A Bola tá espectacular....

ArmPauloFerreira disse...

Por acaso gosto de ver as capas de imprensa e se possível diariamente. E até na TV nos noticiários matinais antes de sair de casa.

João Sousa disse...

Pelo que vejo, a insanidade não é exclusivo nosso. Para ser honesto, acho que a alienação pela bola é uma característica comum aos povos latinos.

Agora, o que eu gostava de saber era se as televisões em Espanha dedicam tanto tempo ao futebol como as de cá - e tantas das vezes por razões perfeitamente imbecis. Cá fala-se sobre o que aconteceu, sobre o que podia ter acontecido, sobre o porquê de o que podia ter acontecido não ter acontecido, sobre o que acontecerá, sobre o que talvez nunca aconteça. Sempre achei espantoso um jogo que demora 90 minutos conseguir servir para encher 48 horas de discussão nas televisões: 24 antes e 24 depois.

Bruno Duarte disse...

É pena "A Bola" ser o jornal do Benfica, que até me dava gosto estar agora aqui a dar-lhe louvores pela capa. Mas não posso :)

Estou a brincar ... que grande primeira página!
A melhor é mesmo a do Record.

E mandemos a Espanha para casa ...

Abraço.
http://vidadosmeusfilmes.blogspot.com/

Nasp disse...

A Capa do Record é um pouco "gozona" e eu não gosto particularmente disso.

É ganhar e pronto!!

ArmPauloFerreira disse...

Uma nação como a nossa, de triste fado, vive da esperança de grandes feitos futebolisticos. Foi sempre assim. Podemos estar sem comer à muitos dias que haverá sempre folia e euforia para a nossa selecção nacional, que tratados como reis (ganham por dia 500 euro, que é só uma espécie de ordenado mínimo nacional mas diário).
Mete futebol e é a loucura generalizada. Sendo a selecção nacional ascende a niveis ainda maiores do que a clubite tuga. E depois a prova é somente a maior de todas: o Mundial!
É euforia total... sempre!

As capas da Bola e do Record (e ás vezes d'O Jogo também) reflectem o espirito da nacção e até empolam ainda mais o assunto.
O Ronaldo a "tourear" a selecção de Espanha? Pois sim... se ainda fossem as espanholas, aí acredito que ele iria mesmo "tourear" todas elas puro e duro...
O Ronaldo não joga sozinho. A capa descai para o ofensivo mas entende-se... amanhã já passa! O que interessa é viver o antes em exagero... como sempre.