sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Captain America - The First Avenger : as 1as imagens live-act e um breve contexto deste super-heroi

Além de "Thor" (filme que acredito vir a surpreender pela positiva muita gente em 2011 e que aguardo ansiosamente), há um outro super-herói da Marvel (na verdade um dos mais importantes e icónicos) que também chegará ao cinema no próximo ano. Refiro-me, é claro, ao "Captain America", por cá conhecido por Capitão América.


Muito pessoalmente, foi em tempos uma das personagens que mais apreciava da Marvel.
Era dos poucos que não tinha super-poderes facto que o tornava ainda mais interessante mas principalmente por ter muitas e belas histórias com uma componente mais social e mundana, de onde o heroísmo sobressaia dos actos (e patriotismo - como sempre as histórias são americanas). Nesta vertente o Demolidor também capitalizava com aventuras muito semelhantes (e até mais tocantes).
OK... o Capitão foi cobaia de testes para se tornar num super-soldado, ganhando mais força, velocidade e notável agilidade física (quem viu o "Hulk" de 2008 reconhecerá estes atributos na personagem de Tim Roth). Mas este não voava ou produzia raios e outras super fantasias extra-humanas.

Se da primeira vez que teve direito a passagem a filme, num tempo em que fazia sentido esta personagem (não só as abordagens se faziam cómicas como também este ajudava bastante por não ter super-poderes que obrigassem a grandes recursos cinematográficos, portanto perfeitamente adaptável nos anos 80/90) o resultado foi mais que horrível quando surgiu no inicio doas anos 90 (o VHS ainda lhe deu algum culto mas não chegou).
Aliás, foi nesta fase que surgiu também o "Punisher" com Dolph Lundgreen, outro também fraco (como adaptação de super-herói mas como filme até foi fixe) quando comparado com os da rival DC Comics com o imponente "Batman" de Tim Burton ou os "Superman" (1 e 2). O Captain America de 1990, foi tão fraco que até só envergonhava ainda mais a Marvel...


Contudo, a ideia de ver o Capitão América em cinema live-act é algo que sempre foi apelativo muito embora ache já ser uma personagem datada e desenquadrada da actualidade. O eterno aspecto visual exageradamente americano, a origem militar e ainda carregar um escudo (no fundo, ele é "a bandeira americana"...) nunca me pareceu algo enquadrado no que se pretendem hoje em dia dos filmes de super-heróis.
Apesar de não me parecer tão atraente a chegada do Capitão América a filme, a verdade é que ele chega já para o ano que vem e o estudo visual da personagem já havia sido apresentado.


A escolha do actor para o papel recaiu em Chris Evans, que em minha opinião me desacredita ainda mais a aura que envolve esta adaptação. Ainda para mais quando bem se sabe que chegará em 2012 o mega-filme Marvel "The Avengers - Os Vingadores" realizado por Joss Whedon, onde se reúne - numa super-equipa - muitos dos mais icónicos super-heróis Marvel, tendo já alguns deles alinhado em filmes tais como Hulk, Iron Man, Nick Fury, Black Widow, Thor, Captain America (e mais alguns serão acrescentados tais como o Hawkeye e espero que mais apareçam ainda - mas imagino que só em sequelas).

Falava do visual...
Pelo pouco que saiu para se apreciar, acho bastante bem conseguida a vestimenta. Temos de ter em consideração que este é um super-herói de duas épocas ou duas fases temporais.


A primeira é nos anos 40, que resulta na sua origem, que é a dum jovem militar que foi cobaia de experiências que envolviam um soro que os tornava em super-soldados e de cujos eventos o fariam ser o único resultado de sucesso (a fórmula perder-se-ia) mas que seria dado como morto na 2ª grande guerra ai cair nas águas geladas/polares no norte do Atlântico. Na verdade, ficou congelado num bloco de gelo, ficando em animação suspensa.
É apartir daqui que surge a segunda fase, ao décadas depois os Vingadores, o descobrirem congelado e o reanimarem, tornando-se até o lider da super-equipa.
Portanto dá para perceber, com este breve resumo, quais fases do Capitão América, ambos os filmes (Captain America + The Avengers) se ocuparão de o mostrar.


Voltando ao visual... faz pleno sentido terem adaptado a vestimenta para um estilo de farda militar e ter além do escudo, as várias armas. Afinal, isto é tudo nos anos 40, no ambiente da 2ª Guerra Mundial e ele é um super-militar! Achei bem escolhidos os materiais da farda e os tons das cores (há menos "bandeira" assim), o facto da máscara ser na verdade um capacete que se prolonga (e com as asas impressas nele).

Agora o que espero é ver no filme dos Vingadores, a evolução visual desta personagem, para alinhar com o que foi estabelecido apartir do Iron Man 1, que é um mundo onde já existe grande desenvolvimento tecnológico. É esta segunda fase do Capitão que mais curiosidade me desperta e não tanto a da origem. E que perca as armas obviamente. Contudo, pelas propostas em desenho a coisa está bem encaminhada.


Concluindo, o Capitão América afigura-se como primeiro vingador em "Captain America - The First Avenger" e já circulam por aí as primeiras imagens das filmagens (é um duplo nas imagens).






Deve ser má impressão minha mas depois de vistas as imagens... continuo pouco animado.
Só me vem á memória cenas antigas como:
"Holy "não-sei-quê" Batman!"

6 comentários:

Nasp disse...

Essas imagens não estão ainda "trabalhadas", o visual depois vai ser outro :)

Lembro-me de ver o Captain America no cinema num domingo à noite! Esqueci-o depressa :(

João Sousa disse...

Admiro-me que ninguém tenha comentado isto, o que indica que o "isto" deve ser consequência dos meus olhos, mas as duas primeiras fotos até me parecem dioramas de modelismo.

ArmPauloFerreira disse...

Nasp: essa versão é mesmo uma patetice tamanha. E uma outra ainda mais antiga é mesmo sem comentários...

João : é porque o artigo também não saiu grande coisa...

Carlos Martins disse...

Tal como o Nasp disse, há uma diferença enorme entre ver as imagens "reais" e as imagens tratadas que se vêm num filme.
Da correcção de cor aos filtros aplicados, a coisa muda como "da água pro vinho".

Pelas imagens fico com esperanças de que saia uma coisa um pouco com o look do nosso adorado Rocketeer e Sky Captain. (Não tão "retro" quanto este último, mas... :)

ArmPauloFerreira disse...

Eu sei disso, Carlos.
Obvio demais até. Mas continuo de pé atrás no feeling que tenho da adaptação do Capitão América. No entanto, e a confirmar-se quando o filme chegar, acho que a estão a trazer as fases do Capitão de maneira certa e sem stress ao não fazer tudo num único filme (é já um ponto positivo a esperar do The Avengers).
E sim espero realmente que a adaptação de época dos tempos da 2ª Guerra ao tom e feeling dos magestosos Sky Captain e do Rocketeer.

CINE31 disse...

Tenho um pressentimento que assa roupa estranha seja uma roupa especial de protecção para o dupla andar na moto. Porque se esse for o aspecto final do uniforme... :-(