terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

MyJukebox: John Barry - 007 Theme (R.I.P. 1933-2011)


O compositor de imensos filmes (os primeiros) de James Bond, o já lendário John Barry, faleceu nos últimos dias.
Contudo, mais do que a tristeza da noticia o importante é celebrar o grande contributo que deixou para a 7ª arte.


Isto para referir que a sua composição que mais aprecio é o "007 Theme" (não confundir com o célebre e icónico "James Bond Theme" que é ultra-conhecido e ainda hoje usado em todos os filmes).

Um tema frenético, pontuado com uma cadência progressiva que lhe é conferido ainda pelas orquestrações um tom heróico memorável.

John Barry - 007 Theme (1964)
(The Best of JAMES BOND 30th Anniversary)


Sempre achei uma pena nunca mais se a ter aproveitado e até mesmo a ter modernizado. Com um drum'n'bass sobre este som ou um bom jogo de trip-hop, teria ficado á maneira...

5 comentários:

Bruno Cunha disse...

Faleceu, mas não será esquecido!
Frank and Hall's Stuff

Peter Gunn disse...

É um dos melhores compositores de sempre que a partir de agora nos deixa apenas com a sua música... mas que graças a isso, tal como diz o Bruno, nunca será esquecido!

R.I.P.

P.S: Por falar em D&B já ouviste a versão do LTJ Bukem para o James Bond Theme original?

http://www.youtube.com/watch?v=P3lKB7qQk8o

Sem dúvida que um update ao tema de 1964 vinha mesmo a calhar =)

Mas quem sabe ainda aconteça à obra do John Barry o que sucedeu à de Ennio Morricone em que foram efectuadas umas quantas compilações de remixes :)

ArmPauloFer disse...

Sem dúvida que as composições de John Barry perdurarão eternamente.
Tal como o Bruno Cunha disse e muito bem.

Quanto à versão de LTJ Bukem do tema "James Bond Theme", claro que já ouvi e até o tenho desde que saiu.
É de um álbum que nasceu de uma excelente ideia de David Arnold, que é o compositor que ficou ao leme de todas as bandas-sonoras dos filmes de James Bond desde que lá chegou o Pierce Brosnan. Digo isto de memória e sem confirmar mas é ele o mais digno sucessor, nesta saga, de John Barry.

O tema é de LTJ Bukem com David Arnold mas acontece que tem uma pouco falada colaboração de Adrian Utley (sim, o dos Portishead) a arrancar à guitarra as belas notas icónicas deste célebre tema.
E sim é um tema que perdura mais no tempo que a versão de Moby (que também gosto muito, já agora.)

Já cheguei aqui no blog a abordar o som de james Bond e obviamente que não poderia faltar essa pérola de nome "Shaken And Stirred - The David Arnold James Bond Project" (1997), um álbum espantoso e muito pertinente. Adoraria ver David Arnold fazer uma "sequela" com outros temas e novas sonoridades...

É espreitar o artigo "Música da semana: o som de James Bond" que está lá (quase) tudo.

Peter Gunn disse...

Desculpa ter menosprezado os teus conhecimentos bondisticos ;) Não foi por mal! :)

Eu é que desconhecia por completo a colaboração do Adrian Utley hehe

De resto, o trabalho feito pelo David Arnold nesse album é divinal! =)

Um abraço

ArmPauloFer disse...

Nada disso, Peter Gunn!
Não se trata de menosprezar o que quer que seja. Foi importante teres lançado essa observação do LTJ Bukem... poderia nem saber e a descoberta seria magnifica. Por só não foi o caso desta vez...