terça-feira, 10 de maio de 2011

Ajuda europeia monetária: Portugal vs Finlândia... argumentos em videos



Para Portugal receber ajuda financeira é necessário que todos os países membros da União Europeia estejam de acordo unanime. Contudo, um movimento da Finlândia já expressou de várias formas que não está de acordo com a ajuda a Portugal.

De Portugal surgiu o seguinte video onde se procura desvanecer os argumentos da Finlândia e com isso convencê-los a ajudar.

É o Portugalnomics:



E entretanto os finlandeses criaram uma resposta pela mesma forma, lançando um video onde novamente demonstram as suas razões contra.

É o Finlandnomics:

3 comentários:

João Sousa disse...

Bom, eu não cheguei a ver os vídeos, por isso não os vou comentar directamente (com excepção de um pormenor que já aí vem). Mas imagino que os finlandeses pudessem simplesmente fazer uma de duas perguntas: "se são assim tão bons, porque estão sempre à beira da bancarrota" e "se são assim tão espertos, porque é que estão capazes de reeleger o louco que os levou à bancarrota".

Agora, o pormenor: Helsínquia pode não ter sido ocupada pelos nazis. Mas isso deveu-se em grande parte à gincana diplomática da Finlândia que a levou a ser, durante um período importante, aliada da Alemanha. Concedo que terá sido um mal necessário para a sua sobrevivência, ali entalada entre o Eixo e a União Soviética. Mas eles que não se queiram, nesse aspecto, invocar uma eventual superioridade moral. De qualquer maneira, Portugal também se deixou aqui ficar bem quietinho, por isso não pode fazer voz grossa.

ArmPauloFer disse...

Muito importante o teu contributo, João. Disseste boas coisas e concordo.
Mas sem dúvida que a melhor deixa foi: "se são assim tão espertos, porque é que estão capazes de reeleger o louco que os levou à bancarrota". Bem dito! Priceless!!!

ArmPauloFer disse...

(a recolocar comentários depois do apagão do Blogger)

Muito importante o teu contributo, João. Disseste boas coisas e concordo.
Mas sem dúvida que a melhor deixa foi: "se são assim tão espertos, porque é que estão capazes de reeleger o louco que os levou à bancarrota".
Bem dito!
Priceless!!!