domingo, 18 de julho de 2010

Francesinhas... ultra-congeladas!!! (silly season)

Se há pratada à maneira é a Francesinha, como em toda a zona norte bem se a faz.
Há umas semanitas atrás descobri no El Corte Inglés (Gaia) que já se arranjou maneira de a levar a todo lado e não é preciso saber fazê-la sequer. Agora há francesinhas ultra-congeladas!


Ora bem, não foi bem agora...
É a "Casa Cerqueira" (marca que diz na embalagem) contornou esta situação (mais uma a fazê-lo) e criaram uma forma de comercializar francesinhas. É só comprar a "Francesinha Bife", levar ao micro-ondas (seguir bem as indicações que vem na embalagem - neste caso são mais importantes do que parecia)... e comer!

Ficam até mais ou menos bem boas e é pena não estarem pensadas para meter no forno pois assim daria para ter várias prontas ao mesmo tempo (no micro-ondas é apenas uma de cada vez e ainda demora...).
Estão bem confeccionadas para o preço que custam e único desconsolo é trazerem pouco molho (não é nada de muito especial mas mais um pouco de molho seria óptimo).
Mesmo assim desenrascam muito bem!

5 comentários:

gelados globo disse...

Somos gelados globo e Há cerca de 2 anos que fabricamos francesinhas à moda do Porto e que podem ser encontradas no intermarché são uma delicia

ArmPauloFerreira disse...

Humm... nunca me deparei com elas mas irei estar mais atento numa das (poucas) idas que faço ao Inter.
Adorei a dica!

Nekas disse...

Nunca encontrei, embora gostasse de provar, embora não costumo ir nem ao Inter nem ao El Corte.

Abraço
Cinema as my World

João Sousa disse...

Serem pensadas para o microondas, impedindo assim que se possam preparar várias ao mesmo tempo, tem as suas vantagens: enquanto se come uma, está outra a preparar e assim por diante. Desse modo, não se corre o risco de comer a coisa fria. Não me recordo de alguma vez ter comido uma francesinha, mas imagino que não seja algo que se dê bem com o frio.

ArmPauloFerreira disse...

@ Nekas e João Sousa: aconselho a experimentarem esta iguaria nortenha. Mas devem-no fazer primeiro por um restaurante ou snack-bar.

Quando digo que seria óptimo dar para ir ao forno é nas situações, mais habituais, em que se tem mais que uma pessoa. O interesse é servir todos ao mesmo tempo...